CHEGUE NA PAZ

25 de mai de 2017


“Eu quero a paz de pertencer a um só 
lugar, eu quero a tranquilidade de não 
dividir memórias. Ser todo de uma vida. 
E assim ter a certeza que morro de uma 
só única vez. Custa-me ir cumprindo tantas
 pequenas mortes, essas que apenas nós 
notamos, na íntima obscuridade de nós.”

Mia Couto

Nenhum comentário:

Postar um comentário