CHEGUE NA PAZ

12 de jun de 2018


O pecado é uma técnica das pseudo-religiões. Uma religião verdadeira de modo algum tem necessidade do conceito. A pseudo-religião não pode viver sem o conceito de pecado, pois ele é a técnica de criar culpa nas pessoas.

Você terá de entender toda a estratégia do pecado e da culpa. A menos que você faça uma pessoa se sentir culpada, você não pode escravizá-la psicologicamente. É impossível aprisioná-la numa certa ideologia, num certo sistema de crença.

Mas, uma vez criada a culpa em sua mente, você tira tudo o que é corajoso na pessoa, destrói tudo que é aventureiro nela. Você reprimiu toda a poss
ibilidade dela ser um indivíduo com seu direito próprio.

Com a ideia de culpa, você praticamente assassinou o potencial humano nela. Ela jamais poderá ser independente. A culpa a forçará a ser dependente de um messias, de um ensinamento religioso, dependente de Deus, dos conceitos de céu e inferno e de todas essas coisas.

E para criar culpa tudo o que você necessita é algo muito simples: comece a chamar os enganos e erros de pecados.

(Osho) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário