CHEGUE NA PAZ

21 de mai de 2017




Mensagem recebida no Grupo Teresa de Ávila, 
do Centro Espírita a Caminho da Luz, 
Volta Redonda - RJ, em 18 de maio de 2017.

Queridos Filhos,


Um andorinha só não faz verão, então, parafraseando outro provérbio digo-vos: a união faz a força, a força do bem e do amor.

O Brasil é terra de Jesus. É propósito de Seu amor.
Podemos dizer-vos que Ele tem seus grandes planos para esta linda nação, nação tão grandiosa, bela e sublime. Então humildemente vos peço: unam-se num propósito de paz. Unam-se em oração e trabalhos de amor. 

Sentimentos egoísticos não são de utilidade neste neste difícil momento. Sentimentos de escárnio não são bem-vindos. Abstenham-se de comentários maledicentes e infelizes. Não enviem dardos venenosos a classe política tão infeliz. Eles também são filhos do Pai, ignorantes neste momento. Necessitam de preces que lhes despertem as consciências adormecidas em 
charcos seculares alimentados por sentimentos de orgulho e vaidade extremos. Pobres irmãos! Também pobre da grande massa popular presa a individualismos egoísticos, que se assemelha a seus governantes. 

É papel dos mais esclarecidos e já mais espiritualizados, semear o otimismo de quem já conhece um pouco do Cristo e de seu Evangelho.
Uni- vos em sentimentos salutares. Auxiliem-se uns aos outros. Cuidai de vossas famílias e amigos. Se cada um semear a paz em seu lar, muitas luzes acenderão e muitas mentes se clarificarão.

As energias das exuberantes matas e dos mares azuis sustentam ainda a egrégora desta pátria amada. Ainda nela cantam os sabiás e gorjeiam os rouxinóis.

Cantam em versos as águas das cascatas e índios e caboclos se juntam aos pretos velhos numa união de miscigenação nacional.  

A disciplina dos europeus e a obstinação dos asiáticos auxiliarão na construção da pátria idealizada para ser berço de uma nova humanidade.

O ranço da escravidão de quinhentos anos de sangue derramado pela chibata dos feitores, está sendo agora sanado como sofrido expurgo nacional. Estais sofrendo a limpeza espiritual necessária, com antigos senhores a saldar dívidas nas prisões materiais.

Estejais certos de que o Cruzeiro do Sul continuará a brilhar sob a maestria de Ismael, mas que cada um seja o maestro de sua própria orquestra da consciência, em cantos de amor ao Cristo. 

Que a paz se sobreponha à violência que muitos semeiam e que as trevas se dissipem a partir da luz que cada um de vós deve emitir pelos conhecimentos que já adquiristes.

Muita luz a todos e fiquem em paz. 

Com o carinho do humilde amigo de hoje e sempre.
Bezerra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário