CHEGUE NA PAZ

14 de mai de 2017

Senior, Mulher Idosa, Terceira Idade

Mãe idosa

O tempo já lhe embranqueceu os cabelos.
A face tem os trilhos do tempo.
Os olhos não possuem mais o brilho juvenil.
As mãos trêmulas não podem mais 
realizar os trabalhos leves do bordado.
Seus passos são lentos, a caminhada difícil.
A memória tantas vezes falha 

que já não é confiável.
Precisa de ajuda em quase tudo.
É o futuro daqueles que vivem por muitos anos.
Que passam pelo tempo por muito tempo.
Que veem correr a história.
As mudanças da vida e muitas estações.
Hoje há mãos maduras que amparam as suas.
Que lhe dirigem os passos.
Que lhe socorrem nas fragilidades.
Olhos que a fitam com amor.
Sorrisos para suas histórias 

contadas cem vezes cem.
Amparo nas suas necessidades.
São os filhos do seu amor.
São os seres que por ela foram gerados.
Com dificuldades e paciência.
Estarão juntos nos seus últimos dias...
E estarão na sua despedida.
E não a esquecerão mesmo 

depois da partida.
Enviando-lhe seu amor 

por pensamentos e preces.

Nenhum comentário:

Postar um comentário