CHEGUE NA PAZ

21 de abr de 2017


"Ser sensível nesse mundo requer 
muita coragem. Muita. Todo dia. Esse 
jeito de ouvir além dos olhos, de ver 
além dos ouvidos, de sentir a textura do 
sentimento alheio tão clara no próprio 
coração e tantas vezes até doer ou sorrir 
junto com toda sinceridade. Essa sensação, 
de vez em quando, de ser estrangeiro e não
 saber falar o idioma local, de ser meio ET, 
uma espécie de sobrevivente de uma 
civilização extinta. Essa intensidade toda 
em tempo de ternura minguada. Esse amor 
tão vivido em terra em que a maioria parece 
se assustar mais com o afeto do que com a indelicadeza. Esse cuidado espontâneo com 
os outros. Essa vontade tão pura de que 
ninguém sofra por nada. Esse melindre de 
ferir por saber, com nitidez, como dói 
se sentir ferido."

Ana Jácomo

Nenhum comentário:

Postar um comentário