CHEGUE NA PAZ

30 de jan de 2016


Alguns sentem vida, sentem beleza, sentem amor, com doses de conta-gotas. Eu, não: é uma chuvarada dentro de mim. Que os sensíveis sejam também protegidos. Que sejam protegidos todos os que 
veem muito além das aparências. Todos os que 
ouvem bem pra lá de qualquer palavra. Todos os 
que bordam maciez no tecido áspero do cotidiano. Todos os que propagam a bondade. Todos os que amam sem coração com cerca de arame farpado.

Ana Jácomo

Nenhum comentário:

Postar um comentário