CHEGUE NA PAZ

28 de fev de 2013

Comunicando...


Hoje gostaríamos de focalizar sua atenção no assunto da comunicação. Há muitos nesta época que têm grande dificuldade para comunicar suas verdadeiras crenças, pensamentos e sentimentos com aqueles que são mais íntimos também. Muitos creem que para comunicar, eles precisam usar palavras. Foi-lhes ensinado que para entender o outro, vocês precisam ouvir, mas realmente vocês devem sentir para entender. 

Hoje é nossa intenção esclarecer mais este assunto e discutir alguns dos conceitos errôneos sobre como se pode comunicar. O uso da linguagem com palavras é o convencional há milhares e milhares de anos no seu planeta, porém, saibam que este nem sempre foi o caso; nem é necessário para ocorrer comunicação. 

Vocês podem observar o reino animal que não desenvolveu uma linguagem verbal como a sua, mas vocês podem observar um bando de pássaros alçando voo em sincronismo, peixes desviarem e manobrarem pela água como uma unidade, e elefantes que comunicam sua localização a outros a milhas de distância. Muitos podem argumentar que os animais se comunicam por sons que são naturais a eles: e nós concordaremos que sim, os animais usam o som como uma forma de comunicação, mas o que estamos sugerindo é que sons vocais não são uma parte necessária da comunicação. A comunicação é compartilhada pela energia, pela frequência. 

Independentemente de vocês terem ou não intenção, todos os seres compartilham sua energia com os outros. Os pensamentos que vocês têm criam uma vibração, uma frequência específica que então é percebida pelos outros ao seu redor. É por isso que vocês também são capazes de detectar se alguém é genuíno e autêntico nas palavras que diz, vocês instintivamente captam os pensamentos e as vibrações que a outra pessoa está emitindo. Quando as palavras e os pensamentos de uma pessoa não são compatíveis, vocês podem perceber. Este processo complexo de tradução é todo feito subconscientemente. 

Tal como vocês não precisam dar instruções específicas para seu coração a respeito de bombear o sangue pelo seu corpo, vocês não têm que saber conscientemente como traduzir a frequência do outro para sentir a energia dele. 

Outro exemplo da sua capacidade de traduzir a energia é a comunicação que se dá entre humanos e animais. Vocês não falam a mesma linguagem, mas há uma compreensão em comum entre um humano e seu animal de estimação. Não é porque o animal aprendeu a sua linguagem, mas é porque os animais e humanos são igualmente capacitados na percepção e interpretação da energia ao seu redor. Entretanto, porque os animais não se tornaram dependentes de uma linguagem verbal para se comunicar a sua habilidade de interpretar o pensamento dos outros é muito mais precisa. 

Quando enviamos informação à nossa mensageira, nós não estamos falando nenhuma língua em particular, mas nossa energia é traduzida para a língua inglesa. Nós apenas estamos enviando energia e ela é traduzida pela glândula pineal no cérebro para a língua inglesa porque é essa a língua que nossa mensageira fala. 

Mas é o centro do coração que é o responsável por perceber a energia dos outros. A mente somente pode traduzir a energia para as palavras disponíveis que existem na mente consciente da pessoa; mas o coração pode "falar" todas as línguas. É isto que todos vocês fazem quando se "comunicam" com outro ser. Em muitos casos, dois humanos que não falam a mesma língua podem decifrar a mensagem geral que é "comunicada". Não porque eles entendem a língua em que é transmitida, mas porque as palavras não são o que realmente é utilizado para se comunicar. É a energia que é transportada pelas palavras. 

Vocês realmente não se comunicam com palavras, elas simplesmente são o recipiente que vocês usam para enviar e receber mensagens. As palavras são simplesmente as portadoras da energia, elas não são a mensagem em si. Isto é válido tanto para as palavras escritas como faladas: ambas simplesmente portam a energia. As palavras dentro e fora delas são neutras: é somente a energia que vocês lhes dão que determina o significado por trás delas. 

Nos reinos superiores não há necessidade de se falar uma língua. Nossos pensamentos são compartilhados com os outros imediatamente. Nós não escolhemos permanecer numa realidade física e, portanto, nós não temos uma voz física com que falar nem temos ouvidos físicos com que "ouvir". Nós percebemos nossa realidade na não fisicalidade. 

Os cinco sentidos físicos são algo com que os humanos normalmente contam, mas quando voltarem aos reinos superiores acima da quinta dimensão, vocês não mais terão corpos físicos. Sem o uso de uma linguagem falada, nós não experimentamos os mal-entendidos que ocorrem quando se confia demais numa linguagem falada para enviar nossa mensagem. 

Os limites que existem numa linguagem falada impedem de transmitir totalmente o que o coração sente. Muitas discussões em seu mundo resultam não necessariamente por causa de uma divergência de opiniões, mas sim do forte desejo de cada pessoa ser "ouvida" e entendida. Quando todos puderem realmente entender todos os outros em seu planeta, vocês não experimentarão mais a "necessidade" de guerra em seu mundo. Sua dependência de uma linguagem falada paulatinamente será substituída pela capacidade de outra vez se comunicar totalmente apenas pelos pensamentos. Nós consideramos a linguagem falada muito restritiva, pois frequentemente não existem palavras disponíveis que adequadamente comunicarão a magnitude de algumas emoções. 

A extensa intensidade e gama de emoções que vocês são capazes de experimentar em seu mundo não podem ser expressas por suas palavras, e sim, pela forte energia que vocês sentem e, portanto, emitem para os outros perceberem. Por exemplo: as palavras não podem realmente descrever o amor que vocês sentem por seu filho; e sim, seu filho sente o amor que vocês têm por ele. Os pensamentos são sentidos, não ouvidos. A linguagem falada de muitas formas é limitante por essa mesma razão: é difícil transmitir totalmente seus verdadeiros sentimentos com palavras somente. 

Nos reinos superiores, apesar de ainda existirem opiniões diferentes, vocês são capazes de entender totalmente a profundidade da opinião do outro e por que ele chegou a essa conclusão. Nós vemos as diferenças de opinião como simplesmente outra forma de perceber a realidade que compartilhamos. 
A opinião do outro não anula a validade de nossa perspectiva, ela somente adiciona a ela. 

Quando vocês não dependerem mais de uma linguagem falada para se comunicar, vocês realmente se comunicarão uns com os outros muito mais do que vocês já se comunicaram. Os humanos há muito tempo se reverenciam como sendo mais inteligentes do que os outros seres. 

O desenvolvimento da linguagem falada e escrita é utilizado muitas vezes para fortalecer esse argumento; entretanto, ao desenvolverem e ficarem tão dependentes do uso da linguagem, vocês permitiram que sua capacidade natural de comunicação totalmente telepática se deteriorasse. 

Os animais, apesar de muitos não terem desenvolvido uma linguagem, eles mantiveram sua capacidade inata de comunicar entre si sua emoção exata e seus pensamentos num instante. Baleias, golfinhos, símios e elefantes são alguns dos animais que desenvolveram uma forma de linguagem vocal, mas ela nunca é uma necessidade para eles se comunicarem: e sim, ela é simplesmente uma preferência que eles podem utilizar se desejarem. 

Cada ser humano nasce com a capacidade de comunicar completamente todos os seus pensamentos e sentimentos sem o uso de uma linguagem falada; tal como cada humano também nasce com a capacidade inata de perceber os pensamentos e sentimentos dos outros ao seu redor. Esta capacidade normalmente não é cultivada e com o passar do tempo, com a introdução da linguagem falada de que todos então se tornam tão dependentes para todos os meios de comunicação, desvanece. Mas saibam que ela nunca desaparece totalmente, ela simplesmente enfraquece porque não é utilizada. 

Apesar de que poucos mantiveram a capacidade consciente de comunicação telepática em sua totalidade, todos vocês têm a capacidade de detectar a energia do outro ser. Uma pessoa não precisa falar para vocês perceberem que ela está nervosa, triste, feliz ou em paz. Vocês são capazes de discernir a emoção geral do outro simplesmente por estar na presença dele. Novamente chegará o tempo em que os humanos não "necessitarão" falar uns com os outros para transmitir seus pensamentos; e sim, apenas será uma preferência de que eles às vezes participarão, mas não será mais uma necessidade. 

Enquanto vocês continuam a expandir sua consciência e recuperar suas capacidades que permaneceram dormentes em vocês, nós lhes pedimos para se lembrarem de que as palavras não são a mensagem: elas simplesmente são apenas o recipiente que é utilizado para levar a mensagem. Ouvir é simplesmente escutar as palavras que alguém fala, mas para entender o outro, vocês precisam abrir seu coração. É aí que repousa a verdadeira comunicação. 

Esperamos que esta mensagem de algum modo lhes tenha servido.

No amor e na luz
Nós somos seus Guias Angélicos 

por Taryn Crimi
Tradução: Blog SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com

Toques Conscienciais

Não há outro templo senão aquele do próprio coração espiritual. E se alguém não estiver bem consigo mesmo(a), não estará confortável psiquicamente em lugar algum. Muitas vezes, para disfarçar o incômodo dentro delas, as pessoas mergulham fundo no trabalho ou em atividades que as façam esquecer-se do vazio interior. Algumas se escoram nos filhos e parentes, passando a viver a vida deles, por empréstimo. Outras se refugiam no fanatismo religioso, político ou esportivo. E, outras mais, mergulham no mundo das drogas ou se afundam no alcoolismo ou nos jogos de azar. Contudo, o desconforto interno persiste... Porque questões efetivas mal resolvidas a autossabotagens variadas não desaparecem com o engodo externo das coisas do mundo. As feridas psíquicas não saram com as tramoias engendradas pelo próprio ego, que sempre olha para fora, temeroso de aprofundar-se nas áreas internas de si mesmo.

Essa é uma das doenças da humanidade: o vazio espiritual. E por isso, a dor acicata os habitantes terrícolas (por vezes, em seu corpo denso; e, outras vezes, no âmago do seu próprio Ser). Urge que o chamado interno seja ouvido e atendido! E que a Luz do discernimento erradique a ignorância e o obscurantismo consciencial.

* * *

Nenhum templo espiritual é fora, pois o Eterno habita a casa secreta do coração de todos os seres. E quem quiser erradicar seus conflitos psíquicos, que posicione-se claramente quanto a isso, e não titubeie no trato com as questões que envolvem o equilíbrio de sua consciência. Que não renegue a Luz em si mesmo e tenha forças para erradicar as atitudes tacanhas de sua jornada...

Que nunca se esqueça de que é um espírito eterno, jornadeando pelos diversos planos de manifestação da vida universal.

Que suas emoções destrambelhadas não mais bloqueiem as vibrações miríficas do verdadeiro Amor em seu coração.

Que não haja fraqueza diante dos engôdos e seduções que enxameiam no mundo dos homens sem consciência..

Que tenha coragem de vencer a si mesmo.

Que o vazio interior seja preenchido de lucidez e serenidade, e, em seu lugar, desponte a Luz da Consciência Cósmica.

O templo espiritual não é fora, e toda ascese evolutiva é realizada dentro do próprio Ser, que é a morada do Eterno.

P.S.:
Não é fora, é dentro!
É tarefa interna e intransferível.
Não depende de terceiros. É fruto do próprio esforço.
Não depende de reconhecimento externo.

O despertar da consciência não é espalhafatoso...

É Amor e lucidez serena. É Paz e Luz.

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges)

A voz do silêncio

(Por Onde o Espírito Sopra...)

Irmão, há uma voz que fala em teu coração.
Ela é sutil, mas é forte, e "fala sem falar".
Essa é a voz do silêncio, da qual falam os iniciados.
Se perguntares às estrelas, elas te dirão:
"É a voz do TODO! Ela está em tudo!"
O sábio Pitágoras ensinava a percebê-la no silêncio.
Ele a chamava de "a voz retumbante das esferas".
Outros sábios chamavam-na de "a voz de ouro".
Diziam que, ao ouvi-la no coração, tudo ficava dourado.
Irmão, essa é a voz do espírito, que sopra por onde quer.
Escuta-a na meditação. Aprende e compreende...
Jamais estás sozinho na senda, pois muitos te olham com carinho.
Do Invisível Imanente, teus irmãos espirituais velam por ti.
Eles sabem os segredos de teu coração, mais do que tu mesmo.
Eles conhecem os teus pensamentos, antes mesmo que tu os formule.
Eles também escutam a voz e compreendem os mistérios...
Muitos deles aprenderam a ouvi-la diretamente com Pitágoras.
Ele lhes ensinou a arte de escutar o som das esferas com o coração.
Não queres tu aprender o mesmo?
Então, abre teu coração ao influxo do Espírito que a tudo permeia.
Transforma o teu peito numa imensa bola de luz dourada.
Torna-te avatar* consciente do Supremo Amor.
Em silêncio, abraça o mundo e a alma da humanidade.
Irradia a Luz dourada e ama anonimamente, sem nada esperar.
As lições da voz ecoam desde as estrelas até teu próprio espírito.
Na luz dourada do teu peito, escuta o que ela "fala sem falar":
"Ama e trabalha sem esperar reconhecimento.
Não desista dos nobres objetivos por causa da incompreensão alheia.
Respira a luz do Todo** em ti mesmo. Essa é tua Força!
Tu és um espírito! Não te esqueças disso.
Nada material é teu realmente. Nem teu corpo.
Por isso, agradece à Mãe Terra pelo envoltório que Ela te emprestou.
Trata-o com cuidado e respeito, pois, no tempo certo, tu o devolverás.
Não te enganes: tu és maior do que imagina.
Não limites o teu raciocínio: tu és o eterno.
Não reclames das provas que tu precisas passar: aprenda!
Não julgues nem te atormentes pelo mal que grassa no mundo.
A humanidade está inchada de emoções daninhas, e elas explodem.
Há leis maiores em curso, além do entendimento precário dos homens.
Cumpre tua parte direito. Tu não sabes o que move o coração dos outros.
Apenas realiza o que te foi incumbido: aprender e trabalhar, amar e servir.
Essa tarefa é portentosa: servir ao Todo, não a ti mesmo.
Torna-te sol. Abraça o mundo. Ama. Compreende."
Irmão, que a tua senda seja justa e fraterna.
Que os teus propósitos sejam limpos, e que tua Luz brilhe muito.
Fica naquela paz que não é desse mundo, mas do Espírito.

Paz e Luz.
Quando você ora pelos outros, está expressando as suas intenções para com eles. Se a sua intenção for boa, se pedir a sua evolução espiritual, e for para o benefício de todos, as suas intenções estão em harmonia com a Vontade do Pai. Então, “Quando os desejos do Filho estiverem em harmonia com a Vontade do Pai, a coisa desejada existirá.” Expresse os seus desejos sobre as coisas que quer manifestar no mundo. Seu desejo pode bem ser o catalisador que ativa uma rede complexa de eventos que irão se associar para alcançar o que deseja. A maior parte das pessoas neste mundo, não tem ideia do poder que a prece tem de mobilizar os batalhões celestiais e as diretrizes divinas sobre este mundo. Entretanto, até hoje, bem poucos realmente oram, limitando-se a pedir bens materiais para si mesmos, ou para os seus parentes mais próximos. Muitos nem oram, nem têm qualquer fé. Não permita que isto o impeça de perceber a poderosa influência que você pode ter! Continue orando pelo que quer ver no mundo. Você será sempre ouvido.

Ative a sua fé e lembre-se de como Miguel, vivendo como um simples ser humano alcançou grandes coisas através de preces inteligentes, cheias de fé. Até agora, como o regente soberano deste universo, Ele ainda ora por este mundo e por todos os outros em Sua criação. Ele sabe que onde o Seu poder pessoal termina, o Poder do Pai começa, e seja o que for que o Filho não possa realizar, Seu Pai pode.

Quantos irão orar hoje com fé pelos demais seres humanos, até por aqueles que não conhecem pessoalmente? Quantos irão orar pelos seus inimigos ou por aqueles que não são seus amigos? Imagine se um dia todos vocês decidissem orar pelo término do egoísmo e da pobreza, ou por uma paz real e duradoura! Quando a maioria da população orar por estas coisas, vocês irão torná-las possíveis, porque estarão mostrando unidade de propósito que dirigirá as suas ações para alcançarem o que desejam. Esta unidade de propósito não existe ainda, mas os poucos que oram, poderão preparar o terreno para que isto aconteça. Nunca se esqueça de que as suas preces são sempre ouvidas, e quando elas estiverem em harmonia com a vontade do Pai, o único resultado possível destas preces é para que se manifestem na realidade.

Quando você ora pelos outros para evoluírem espiritualmente e vêem a luz, estão expressando o seu amor para com os seus pares e o que deseja para os outros, irá se manifestar em você. Nosso Pai não daria a paz aos seus irmãos, tirando a sua. Ele derrama as suas bênçãos e o Seu amor universal sobre todos. A prece pode transformá-lo, mesmo quando não pede para si mesmo. Aqueles que oram pela paz com fé e convicção, certamente não se preocupam com a promoção da guerra. Aqueles que oram para o amor entre as pessoas não irão se render ao ódio e nem à desconfiança.

http://www.1111angels.net

Vídeo: El Cóndor Pasa - WAYNA PICCHU

27 de fev de 2013

Campanha de Doação de Órgãos



Deixo minha visão...
ao homem que jamais viu o amanhecer 
nos braços da mulher amada. 

Deixo meu coração...
à mulher que vive exclusivamente para fazer 
o coração de seus filhos felizes. 

Deixo meus rins...
à pessoas que tiveram seus sonhos interrompidos, 
mas que ainda os cultivam. 

Deixo o meu pulmão...
ao adolescente que quer gritar ao mundo 
mais uma vez “eu te amo”. 

Deixo meu fígado...
para aqueles que não tinham 
esperança na recuperação. 

Deixo ossos, pele, cada tecido meu...
à criança que ainda não descobriu 
o que é viver por inteiro. 

Deixo a você... o meu exemplo. 

Deixo à minha família... 
o desejo de ser um doador. 

Deixo para a vida, enfim, um recado: nós vencemos.

Luz do Amor



“Guarde a paciência e a fé e, tenha certeza, 
onde há a luz do amor, há a presença de Deus. 
Siga, assim, em paz, em seus serviços fraternos,
 ciente de que ninguém anda só, quando vive 
com amor no coração.” (*)
Descobrir-se verdadeiramente em paz, na sintonia
 fina com o Amor, representa o ideal distante 
a que almejamos, esquecidos muitas vezes 
do alimento essencial às nossas almas!
Perceber a Presença de Deus em nossa vidas, 
revelando-Se em circunstâncias inesperadas, 
pouco sugestivas para nossas expectativas 
egoicas do Ser Todo Amor e Bondade, é um teste
 prenhe de riqueza e complexidade, diante do qual 
muitas vezes nos confundimos e paralisamos!
Ter fé inabalável e atravessar as mais 
diferentes experiências com esperança e otimismo 
genuínos, caracteriza-se, ainda, meta difícil 
de ser alcançada em sua plenitude, no estágio 
evolutivo em que nos encontramos!
Todavia, as Vozes do Céu, com Misericórdia 
e Bondade, tão somente nos conclamam os espíritos 
carentes de crescimento e melhoria ao serviço 
no bem, dentro do que nos for possível, todos os dias.
Com paciência e persistência, com a cota mínima 
de amor que tivermos a ofertar, a Vida nos 
aguarda as realizações do coração!
Sempre há possibilidade de dar um passo, seguindo 
o fluxo do progresso íntimo; assim como existem 
oportunidades inúmeras de oferecermos a mão
 a quem se mostre com desejo sincero 
de aprender e acertar!
Nutrir de amor o próprio coração, dando de nós 
mesmos ao próximo, no exercício da caridade 
anônima que nos edifica as motivações íntimas,
 aproxima-nos da luz frágil e diminuta 
que nos habita a intimidade!
Não estamos sós! 
Nunca estamos desamparados!
Há sempre quem vele por nós, inspirando-nos 
a seguir adiante e a fazer escolhas mais lúcidas, 
mais espirituais, respeitando-nos, contudo,
 o livre arbítrio e o quanto nos fazemos acessíveis
 a estes alvitres fraternos.
O esforço no bem, a prática consciente do serviço
 que se presta ao semelhante, a busca do 
conhecimento renovador, a disciplina da oração,
 a frequência a um culto de busca coletiva 
de Deus e Seus Emissários propiciam-nos 
o contato com a Centelha Sagrada dentro nós 
e nos mostram o caminho da Felicidade e da Paz, 
do Estado de Graça!

(Por Aline Rangel)
(*) Trecho da mensagem “Seguindo em Paz”, 
Benjamin Teixeira de Aguiar