CHEGUE NA PAZ

30 de abr de 2012

‎20 CONSELHOS DOS INDÍGENAS NORTE AMERICANO:

1. Levante com o Sol para orar. Ore sozinho (o). Ore com freqüência. O Grande Espírito ouvirá, certamente, se você falar.

2. Seja tolerante com aqueles que perderam seu caminho. Ignorância, a presunção, a raiva, a inveja e a avareza (ganância), vem de uma alma perdida.
Ore para que eles vão encontrem o caminho.

3. Busca te a si mesmo, por seus proprio meios. Não deixe que outros façam seu caminho por você. É o seu caminho e somente seu. Outros podem andar com você, mas ninguém pode fazer o seu caminho (ou caminhar sua senda) para você.

4. Trate os convidados em seu lar com muita consideração. Sirva o melhor alimento, a melhor cama e trate-os com respeito e honra.

5. Não tome o que não é seu, ou de um indivíduo, de uma comunidade, de uma selva, ou de uma cultura. Não foi dado ou ganhado. Não é seu.

6. Respeite todas as coisas que estão sobre a terra, sejas as pessoas ou as plantas.

7. Honrar os pensamentos, desejos e palavras de todos. Nunca interrompas ou ridicularize-as, nem sejas grosseiro. Permite a cada pessoa o direito da expressão pessoal.

8. Nunca fale mal dos outros. A energia negativa que você colocar para o universo se multiplicará quando ele retorna para você.

9. Todas as pessoas cometem erros. E todos os erros podem ser perdoados.

10. Pensamentos maus causam doenças da mente, corpo e espírito. Pratique otimismo.

11. A natureza não é para nós. É parte de nós. Ela é parte de sua família no mundo.

12. As crianças são as sementes do nosso futuro. Semeiem o amor em seus corações e regue-os com sabedoria e lições da vida. Quando eles crescerem, dê lhes espaço para crescer.

13. Evite machucar os corações das pessoas. O veneno do seu sofrimento retornar para você.

14. Seja verdadeiro todo o tempo. A honestidade é a prova da vontade de unidade neste universo.

15. Mantenha-se equilibrado. Tua pessoa Mental, sua pessoa espiritual, a sua pessoa emocional e sua pessoa física: todos eles têm a necessidade de ser fortes, puros e saudáveis. Exercitar o corpo para fortalecer a mente. Crescendo muito espiritualmente para curar doenças emocionais.

16. Tome decisões conscientes sobre o que será e como reagirá. Seja responsável por suas próprias ações.

17. Respeite a privacidade e o espaço pessoal dos outros. Não toque nas propriedades pessoais de outras pessoas, especialmente objetos religiosos e sagrados. Isso é proibido.

18. Seja verdadeiro a si mesmo em primeiro lugar. Você não pode nutrir e ajudar os outros se você não puder nutrir e ajudar a si mesmo primeiro.

19. Respeite as crenças religiosas dos outros. Não imponha aos outros suas próprias crenças.

20. Compartilhe sua boa fortuna com os outros. Participe com caridade.
"A gratidão desbloqueia a abundância da vida.

Ela torna o que temos em suficiente, e mais.

Ela torna a negação em aceitação,

caos em ordem, confusão em claridade.

Ela pode transformar uma refeição em um banquete,

uma casa em um lar,

um estranho em um amigo.

A gratidão dá sentido ao nosso passado,

traz paz para o hoje,

e cria uma visão para o amanhã."

Melody Beattie

À Mulher

Aproxime-se, o máximo possível, de sua natureza feminina,
mas não se esqueça de que,
dentro de você, há um masculino a se expressar.

Sua felicidade se alicerça no favorecimento a que
o masculino realize seu encontro com você.

Seu desejo de posse impede seu equilíbrio e compromete sua felicidade.
Cuide para que sua natural competição com o homem
 não a transforme em igual a ele.

Pense sempre em se permitir sair do papel de "a amada",
pois ele cristaliza seu destino.

Integre o masculino em você
para que essa união possa lhe trazer felicidade.

Suas qualidades naturais devem ser utilizadas
a serviço do encontro com você mesma.

Seu desejo e sua sexualidade devem ser postos a serviço
 do despertar de sua consciência superior.

Sua sensibilidade e amorosidade são antenas e faróis
que devem levá-la à percepção do valor do amor.

O masculino que existe em você deve ser cuidadosamente expresso
 para que venha a ser o elemento que favoreça sua felicidade.

Compreenda, sobretudo, que amor real é aquele que permite ao outro
 ser livre em sua escolha para que ambos sejam felizes.

Lembre-se sempre de que você também não é nem uma nem outra expressão,
mas simultaneamente as duas.

Adenáuer Novaes
do livro: Felicidade sem culpa

Dia Nacional da Mulher

"Mulher...

Que traz beleza e luz aos dias mais difíceis

Que divide sua alma em duas

Para carregar tamanha sensibilidade e força

Que ganha o mundo com sua coragem

... Que traz paixão no olhar

Mulher,

Que luta pelos seus ideais,

Que dá a vida pela sua família

Mulher

Que ama incondicionalmente

Que se arruma, se perfuma

Que vence o cansaço

Mulher,

Que chora e que ri

Mulher que sonha...

Tantas Mulheres, belezas únicas, vivas,

Cheias de mistérios e encanto!

Mulheres que deveriam ser lembradas,

amadas, admiradas todos os dias..."

Parabéns para nós, guerreiras e sensíveis!!!
"Desejo que você

Não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la.

Não há céu... sem tempestades, nem caminhos sem acidentes.

Só é digno do pódio quem usa as derrotas para alcançá-lo.

Só é digno da sabedoria quem usa as lágrimas para irrigá-la.

Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência.

Seja um sonhador, mas una seus sonhos com disciplina,

Pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas.

Seja um debatedor de idéias. Lute pelo que você ama."

(Augusto Cury)
Alerta!!! Vírus Mentais atacam sua mente.

As pessoas andam muito preocupadas com os vírus em seus programas de computador, mas se esquecem que há certos tipos de pensamentos automáticos que provocam verdadeiras panes em suas próprias mentes.

Passe agora um ANTIVÍRUS em seu cérebro! Se detectar algum desses vírus, delete-o imediatamente:

Vírus 1: - Vírus do sempre/nunca:
Esse vírus ocorre quando você pensa que alguma coisa que aconteceu vai SEMPRE se repetir, ou que você NUNCA vai conseguir o que quer.

Variantes do vírus:
Ele SEMPRE me diminui, ninguém vai telefonar pra mim, eu NUNCA vou conseguir um aumento, todo mundo SEMPRE se aproveita de mim, meus filhos NUNCA me ouvem. Quando você perceber este vírus, delete-o usando os programas da sua consciência.

Vírus 2: - Vírus do negativismo:
Ocorre quando seus pensamentos refletem apenas o lado ruim de uma situação e ignoram qualquer parte boa. Delete-o com o programa otimismo.exe.

Vírus 3: - Vírus de catástrofe:
Esse terrível vírus ocorre quando você prevê o pior resultado possível de uma situação. Ele provoca um colapso em suas iniciativas, fazendo-o desistir antes de tentar. O antivírus para este é cair na real.

Vírus 4: - Vírus de leitura das mentes:
Este vírus está agindo sempre que você acha que sabe o que as pessoas estão pensando, mesmo que elas não lhe tenham dito nada. O antivírus é lembrar que já é meio difícil ler a própria mente, quanto mais a dos outros.

Vírus 5: Vírus pensar com sensações:
Estes vírus em geral te infectaram em alguma situação desagradável no passado. Agora, situações semelhantes vão provocar pensamentos negativos: "Eu tenho a sensação que isso não vai dar certo"... Simplesmente DELETE O BICHO!

Vírus 6: Vírus da culpa:
Substitua palavras como: eu deveria, eu preciso, eu poderia, eu tenho que... Por: Eu quero, eu vou, eu posso fazer assim... Não fique centrado no passado. Use o "antivírus momento presente".

Vírus 7: Vírus rotulação:
Sempre que esse vírus coloca um rótulo em você mesmo ou em outra pessoa, ele detém a sua capacidade de ter uma visão clara da situação; Variantes - Tonto, frígida, arrogante, irresponsável e mais de um milhão de rótulos auto-instaláveis. O rótulo generaliza, transformando a realidade das pessoas em imagens virtuais de sua imaginação infectada. O melhor anti vírus pra ele é o "ampliação da consciência.exe ".

Vírus 8: Vírus da personalização:
Esse faz você levar tudo pro lado pessoal. Exemplo: Quando alguém passa por você de cara amarrada e não te cumprimenta, o vírus faz CRER que a pessoa certamente está com raiva de você. A "expansão da consciência.exe"deleta muito bem este tipo de vírus.

Vírus 9: Vírus culpar os outros:
É um dos piores vírus! Ao culpar automaticamente os outros pelos problemas da Sua vida, este vírus o torna impotente para responsabilizar-se pelo próprio destino. Incapaz de mudar qualquer coisa. Use o "antivírus da auto-estima.exe " e pare de projetar nos outros as suas próprias culpas.

Vírus 10: Vírus do medo:
É o pior de todos os vírus do pensamento! Comprime completamente sua vida. Bloqueia todo o sistema de sua realização e de relacionamento. Delete os "reflexos da intimidação exteriores a VC" e instale o programa "auto-confiança"!

MANTENHA OS SEUS ANTIVÍRUS DE PENSAMENTO SEMPRE ATIVADOS,
POIS NUNCA SE SABE QUANDO ESSAS PRAGAS VOLTAM A ATACAR!
As mulheres que são respeitadas, amadas e protegidas devem igualmente respeitar, amar e oferecer repouso de espírito e corpo ao seu companheiro, nutrindo a capacidade que ele tem de dar-se a ela. Uma mulher que não nutre o seu companheiro de maneira solícita, com ternura e amor, está privando o seu espírito masculino da vontade de perseverar ao enfrentar as dificuldades que encontra no mundo exterior. Ele buscará seu consolo em outra fonte - homens ou mulheres - bebida ou drogas - ou isolando-se dentro do lar, o que não será de nenhuma utilidade para sua companheira ou para os filhos. Logo, homens e mulheres têm a mesma responsabilidade de cuidar e amar um ao outro.

Assim como o Homem deve aprender a canalizar, diariamente, o "Aspecto-Pai" da Consciência Divina na família e no trabalho, do mesmo modo a Mulher deve aprender a expressar o "Aspecto-Mãe" da Consciência Divina em sua vida diária.

O acesso aos Reinos Celestiais será negado àqueles que negam esta Verdade, até que tenham aumentado sua percepção espiritual e, com a ajuda da oração, tenham mudado suas atitudes. Somente quando sua visão tiver se elevado acima da percepção humana terrena de "masculino e feminino", - e ido além de seus desejos terrestres e dos impulsos do ego, - em direção à Realidade da qual adquiriram seu "ser", poderão escapar da roda da reencarnação e encontrar a entrada para a Felicidade e a Glória definitivas.

Se dentro de uma cultura a mulher é considerada simplesmente uma "posse", um objeto dos desejos do homem e não é tratada como uma mulher, absolutamente igual ao homem, tal cultura não compreendeu a verdadeira natureza do homem e da mulher.

O homem e a mulher são duas metades iguais de um todo.

Quando o homem é solteiro e vive só manifesta somente um aspecto de sua FONTE do SER, e, quando a mulher vive só e solteira, ela também manifesta apenas um aspecto de sua FONTE do SER.

A INTENÇÃO DIVINA da CONSCIÊNCIA UNIVERSAL foi a de expressar SUA própria totalidade através da criação, ao individualizar, na forma física, cada um dos dois aspectos de SI MESMO igualmente equilibrados, e depois voltar a uni-los na forma física, a fim de que eles experimentem a unidade e a totalidade da CONSCIÊNCIA DIVINA, de onde originalmente obtiveram a sua individualidade.

Ao unirem-se no amor e unidade de espírito e corpo, eles descobrem a alegria e o êxtase da CONSCIÊNCIA UNIVERSAL em equilíbrio. Portanto, a combinação da masculinidade do homem e a feminilidade da mulher são essenciais para formar uma "totalidade" elaborada a partir da FONTE do SER. Desta combinação forma-se uma criança íntegra.

A natureza primordial da Criatividade da CONSCIÊNCIA UNIVERSAL, nossa FONTE do SER, era a INTENÇÃO. A Intenção de criar, planejar e desenhar - e depois levar adiante esse projeto, ao cultivá-lo, alimentá-lo, curá-lo, protegê-lo e satisfazer todas as suas necessidades de maneira disciplinada.

Tanto o homem quanto a mulher evoluíram em forma física e em consciência para experimentar a INTENÇÃO e expressá-la de todas as maneiras possíveis em suas vidas. Este é o primeiro ato de criatividade.

Sem INTENÇÃO não haveria CRIAÇÃO.
A INTENÇÃO é a origem de - e atravessa - toda a existência.
 A INTENÇÃO define a natureza da ação - amorosa ou destrutiva.

O homem e a mulher foram individualizados para experimentar e formular a INTENÇÃO em suas vidas. Este é o primeiro impulso da criatividade.

O homem e a mulher também foram individualizados para experimentar e expressar a FORÇA da VONTADE.

A FORÇA da VONTADE no HOMEM se experimenta e se expressa, principalmente, como Atividade. Em sua forma primitiva - ele sai para o meio ambiente para realizar sua intenção. Portanto, ele veste o manto de líder e de buscador. Ele foi individualizado para pensar e trabalhar, para realizar seus propósitos sem o obstáculo das emoções.
A FORÇA da VONTADE na mulher é motivada e experimentada, principalmente, como Sentimento - a Necessidade de Nutrir a INTENÇÃO original e levá-la, decididamente, à plenitude - maturidade - através do processo de cuidar, alimentar, vestir, corrigir, ensinar e proteger.

O PROPÓSITO é totalmente distinto da INTENÇÃO, já que o propósito desce do plano mental da intenção e se transforma num impulso emocional, num desejo de formular "um meio de alcançar o fim desejado".

Uma "INTENÇÃO potente para fazer algo", converte-se no PROPÓSITO que está por trás de toda a existência. Desta maneira, combinam-se o pensamento com o sentimento para realizar o trabalho da criação.

O homem está constantemente caminhando em busca de novas ideias, novas maneiras de cumprir suas intenções, para dar-se um propósito na vida.

As intenções femininas são "propósitos personificados", sensíveis e estáveis, preparados para fazer sacrifícios por aqueles que ama.

Assim, os dois IMPULSOS básicos na FONTE do SER - expressos na forma física como homem e mulher - são interdependentes. Um não poderia sobreviver sem o outro. Ambos são necessários para a continuidade da criação.

Por causa de sua mobilidade masculina e seu impulso de liderança, o homem considerou-se superior à mulher. Isto é porque ela permanece estável, criando segurança para o homem. Mas o impulso feminino é o impulso do amor incondicional, um impulso digno do mais alto respeito e consideração, que a capacita para florescer e realizar seu propósito inato dentro do lar em paz mental e com alegria.

O papel do homem é o de prover segurança física e meios materiais de subsistência para a família.

O papel da mulher é o de prover segurança emocional e os recursos emocionais para a realização pessoal e a alegria no ambiente familiar.

No passado, tanto no Oriente como no Ocidente, o homem exerceu seu papel dominante dentro do lar, tornando a mulher submissa e obediente à sua vontade. Ao fazer isso, desviou e distorceu as energias da Consciência Divina e as canalizou, através de sua mente e coração, para uma civilização distorcida.

Ele também distorceu a consciência da mulher, infundindo nela um profundo ressentimento pelo seu papel submisso, que ela sabe por intuição que não deveria suportar. E assim, ele criou um modo de vida degradado e degradante para si e para sua companheira, inteiramente em conflito com a NATUREZA de sua FONTE do SER.

http://www.stum.com.br
Os sentimentos do medo do futuro são: preocupação, insegurança, ansiedade, irritação, e podemos ficar aflitos, inquietos, receosos, tensos, insones. Neste parâmetro temos a sensação de que alguma coisa vai ou pode dar errado; somos impelidos por nós mesmos a escolher o que julgamos verdadeiro e/ou ter um comportamento perfeito sob nosso ponto de vista. Assim, por almejar o melhor, não nos ofertamos a chance de errar; ou ainda, por desejar o êxito total, não vislumbramos que possam ocorrer obstáculos. Pronto! Está instalado a preocupação de não poder fracassar ou perder o que conquistou.

Por outro lado existem aquelas pessoas que tem medo de sentir medo! As quais eu sempre pergunto: por que viver com pavor de que o pior aconteça? Por que viver à mercê da opinião dos outros? Por que se preocupar com situações que ainda não aconteceram? Por que esperar ser salvo pelo destino? Saiba que as pessoas medrosas somente atrairão desapontamento, desanimo e, comumente, desejam saber: “Estou agradando? Será que ele vai adorar o jeito que sou? Será que meu chefe gosta de meu trabalho? Será que passarei no exame? Será que serei feliz no casamento? Ah Se Deus me ajudasse!... Tivesse um pouco de sorte!”.

Você sabia que a coragem significa agir quando se está com medo ou uma bravura face ao perigo? Então, coragem, meu caro leitor! Não tenha medo de sentir o medo! O medo pode significar que estamos nos protegendo de alguma coisa; mas não podemos ficar paralisados. Minhas avós sempre diziam: se correr o bicho pega; se ficar o bicho come. Ou seja: somente combatendo os problemas, enfrentando-os cara a cara é que poderemos encontrar soluções; fugir, somente piora os conflitos e sempre perderemos a batalha final.

A inação, a inércia, o adiamento ou a hesitação somente agrava os obstáculos e os problemas, pois se cria o medo do desconhecido. O medo é como uma floresta fechada, quanto mais profunda, mais escura e aterrorizadora. Assim, a imaginação, a fantasia e o devaneio, agem contra nós; traímo-nos com pensamentos negativos e partimos do pressuposto de um resultado que ainda não ocorreu. Nossa, que loucura!

Entenda que a preocupação é uma fé cega no pior resultado, podemos dizer que em determinados momentos poderá tanger a uma obsessão; esta atitude nunca resolve nada e nem nos prepara para nada. Afinal, nosso universo mental não consegue encontrar uma verdadeira solução e quanto maior a preocupação, maior a probabilidade de situações negativas ocorrerem. A melhor maneira de enfrentar o medo, a preocupação, a ansiedade ou a insônia, é deixar as situações fluírem e, a cada momento, pensar somente no que for preciso, nem mais, nem menos.

Ninguém poderá descobrir exatamente como será o desfecho de nada, tudo na vida é uma variável e ninguém é auto-suficiente em todas as situações. Quando perceber que ninguém fica a seu lado por obrigação, que a vida sempre oferta novos caminhos, que as chances são dadas de forma igual, você ficará menos preocupado com possíveis abandonos, solidão, falta de dinheiro e poder sobre as pessoas.

Tenha certeza de que cada ser humano é um mundo diferente e maravilhoso; portanto, ninguém desenvolverá a mesma atitude, que possamos julgar negativa ou positiva, conosco, a não ser que continuemos no mar do egoísmo, vaidade e medo. Quanto mais medo nós tivermos, mais nos fechamos para a vida, mais dura ela se torna para nós, mais amargos ficaremos, mais desconfiados e tristes estaremos. Por outro lado, não adianta dizer que uma determinada situação irá se realizar, pois a ansiedade e o medo são gerados pela própria pessoa; assim, somente ela poderia eliminar tais atitudes negativas.

O segredo em eliminar o medo do futuro é perdoar a si mesmo e aos outros pelos erros que possam ser cometidos, aceitar a vida como ela é: dinâmica; também, ter absoluta autoconfiança. Somente assim poderemos sentir a paz interior, caso contrário, o amor dificilmente brotará de novo em nossos corações.

Texto baseado no livro "Onde está minha felicidade? Nei Naiff - Ed. Nova Era".
Interessante como as pessoas não aceitam aconselhamentos por acharem que ninguém as compreendem, que todos desconhecem a verdadeira razão de seu sofrimento e, dessa forma, por mais que as oriente nunca será o suficiente para resolverem suas angústias. Por sua vez, elas estão sempre ansiosas (adiantadas, vivendo o futuro) ou nostálgicas (atrasadas, vivendo o passado); assim, também, nunca conseguem acertar o relógio da vida no presente momento (aqui e agora). Todas perguntam o que fazer, mas nenhuma segue a orientação!

O mais peculiar de tudo é que as histórias se assemelham ou se repetem, pois geralmente meus clientes relatam que amigos ou parentes avisaram que estariam atrasando a sua vida com determinada decisão, mas não deram ouvidos e terminaram por perder ou fracassar. Alguns, também, chegam dizendo que nunca tiveram grandes problemas até aquele momento, pois sempre estiveram à frente de seu tempo, acreditando que a felicidade se encontrava nas mãos da pessoa amada ou na aquisição sistemática do status.

Em resumo, todos esperavam obter reconhecimento, fidelidade, harmonia, paz; contudo, muitos terminaram em experiências que não conheciam: sozinhos, endividados, fracassados, depressivos; outros, seguiram com raiva, ódio, rancor, culpando o destino pela fatalidade ou a situação pela própria desgraça. Em qualquer um desses casos o resultado sempre foi o mesmo: inércia, frustração, ressentimento, desesperança, tristeza — o oposto do que sonharam.

Eu creio que por acharem que poderiam contornar todos os revezes, como sempre o fizeram, não deram muita importância aos conflitos e obstáculos continuando sob o mesmo ponto de vista. Podemos apagar o nosso futuro? Sim, porém, jamais, o nosso passado. Então, a saída é ter coragem para mudar, reconstruir o presente e abastecer o coração com novas esperanças. Às vezes, sem passar por situações de opressão, perdas irreparáveis ou grandes dificuldades pode ser difícil entender a extensão da vida, das pessoas ou de si mesmo.

Claro que “não ter que passar pelo caminho da dor” como esboçado no livro "Onde está minha felicidade? (Editora Nova Era) seja mais agradável; porém, como tudo possui um preço, corre-se o risco de não amadurecer, fortalecer a alma ou conhecer os próprios limites. Não, não estou pregando a dor como uma via da evolução; contudo, quem não passa por dissabores em algum momento? Todos, óbvio. Saber extrair a beleza dessa terrível experiência é uma sabedoria que deve ser explorada por cada um de nós. Aprender com as dissoluções ou tentar evitá-las é a evolução mais importante para o ser humano.

Contudo, se você é da opinião de que "se conselhos fossem bons seriam vendidos", não se esqueça de que todos os terapeutas cobram por suas consultas! E, todos, invariavelmente, estão sempre certos em sua orientação. Também, um amigo de confiança sempre fornece bons conselhos. Enfim, aprenda a ouvir mais, a mediar o que você deseja com o que os outros pensam. Quem sabe da próxima vez termine escolhendo melhor os seus caminhos.

Texto baseado no livro "Onde está minha felicidade? Nei Naiff - Ed. Nova Era"

Hermetismo cristão - Buscando vencer-se

Só com muito custo homens com forte apelo espiritual, ainda carnais e propensos à sensualidade, poderão desprender-se dos desejos terrenos. É, entretanto, um bom combate que precisa ser enfrentado. O que é desejado precisa ser vencido se estiver em desacordo com o que nossa consciência diz que precisamos ser. É fato o peso na consciência quando as paixões carnais são obedecidas e estão em desacordo com o que a consciência estabeleceu como verdade. Perde-se a paz. E a paz é o que verdadeiramente buscamos por toda a vida. Vale a pena lutar por ela. Ganhar batalhas sucessivas contra si mesmo para, enfim, ganhar a paz, o fervor espiritual e a graça de Deus.

Como dissemos no começo deste artigo, não é fácil. É uma luta, entretanto, que não pode deixar de ser travada e vencida. É doloroso, para o homem com forte apelo espiritual, sofrer freqüentemente de tristeza quando resolve contrariar momentaneamente seus desejos carnais e sofrer profundas dores de consciência quando os atende. Viver, ora atendendo um lado ora outro, só vai trazer muito sofrimento. A consciência vai sempre gritar nos subterrâneos do ser. Seus gritos não podem ser abafados. Ela sabe o que serve à alma, traz a bandeira da paz pessoal e uma vida plena e feliz. É preciso trazê-la de forma plena para o cotidiano do viver. Para fazer isso é preciso travar o bom combate.

Diz Tradição Hermética “que poder e abster-se, é poder dobrado”. Cada vitória que conquistamos sobre nós mesmos, por menor que seja, aumenta nossa força e nos habilita a travar batalhas maiores. Cada vitória conquistada nos aproxima da vida que sabemos ser a correta a ser vivida. Por fim, perfeitamente mortificados, desaparecem nossas inquietudes e saberemos que não seremos mais facilmente tentados e vencidos.
(Samine)

29 de abr de 2012

Um enorme transatlântico partiu de movimentado porto rumo a outro continente. Do convés, os passageiros acenavam lenços e agitavam mãos, em manifestações de adeuses.

No porto, muitas pessoas acenavam igualmente e lançavam beijos ao ar, num misto de antecipada saudade e carinho.

Pouco depois os que se encontravam no convés, ainda observando os que permaneciam em terra, puderam constatar uma nuvem de gaivotas prateadas acompanhando o imenso navio.

O seu vôo atraiu a atenção de quase todos, tanto pela algazarra que promoviam, quanto pelo capricho de suas voltas, ao redor da enorme máquina concebida pelo homem.

Passada uma meia hora de viagem, o tempo se tornou ameaçador. Ondas de espuma se levantavam ao açoitar dos ventos violentos. Esboçou-se no firmamento uma tremenda tempestade.

Com suas possantes máquinas, o navio cortava as vagas agitadas e parecia fazê-lo com dificuldade, dada a presença dos elementos da natureza em convulsão.

Um dos poucos viajantes que até então permanecia no tombadilho, contemplou as aves a voejar e as lastimou. Como podiam elas, com suas asas tão débeis lutar contra o tufão, desamparadas nos céus?

Elas nada tinham além do próprio corpo para o enfrentar. Suas asas resistiriam ao vento implacável, se o possante navio, com suas máquinas que representam milhares de cavalos resistia com dificuldade ao tempo torrencial?

De repente, aquele homem que estava tão compadecido das avezinhas do mar, ficou perplexo. É que as pequenas gaivotas, estendendo as asas que Deus lhes deu abandonaram o navio na tempestade e se ergueram acima da tormenta, passando a voar numa região serena dos ares.

E a máquina, representando a ciência humana, prosseguiu na sua luta penosa para resistir à fúria dos elementos.

Em nossas vidas ocorre de forma semelhante.

Quando pretendemos lutar unicamente com nossos próprios meios, encontramos o fustigar dos ventos das dificuldades atrozes, que vergastam a alma e maceram o corpo.

Contudo, se utilizarmos os recursos da oração alcançaremos as possibilidades das asas das gaivotas.

Pelas asas poderosas da prece, o homem pode se elevar acima das tempestades do cotidiano e voar placidamente. Envolvidos pelas luzes da prece, alcançaremos regiões que o vendaval das paixões inferiores não alcança. Fortificados pela oração, enfrentaremos o mar agitado dos problemas, a fúria das vicissitudes, e chegaremos ao porto seguro que todos almejamos.

Quando o triunfo nos alcançar ou quando sofrermos aparentes quedas, busquemos Jesus e falemos sem palavras ao Seu coração de Mestre e Amigo.

Condutor vigilante de nossas almas, Ele assumirá o leme da frágil embarcação das nossas vidas, permitindo-nos singrar o mar agitado das nossas dores, com coragem e segurança.

A medida ideal será sempre orar antes de agir, a fim de evitar que procedamos de forma imprevidente, o que nos conduziria ao desespero e a maior soma de dores.

"O Amor é, da Vida, o Amanhecer"

(Marcial Salaverry)

28 de abr de 2012

DURANTE UMA TOURADA, O TOUREIRO SENTIU-SE MAL,
TEVE TONTURAS E PRECISOU SENTAR-SE...

ANTES QUE ALGUÉM INTERFERISSE, O TOURO, QUE ESTAVA SENDO AGREDIDO PELO TOUREIRO NESSE HORRÍVEL ESPETÁCULO, APIEDOU-SE DO HOMEM, PAROU DIANTE DELE E PARA SURPRESA GERAL,
SIMPLESMENTE FICOU A OLHAR PARA ELE.

O TOURO, COMO QUE SENTINDO O PROBLEMA, FOI SOLIDÁRIO E FICOU
 AO LADO DESSE HOMEM, SEM NENHUMA REAÇÃO DE VIOLÊNCIA.

NORMALMENTE UM SER HUMANO, NUMA SITUAÇÃO DESSAS TERIA
REAGIDO DE FORMA DIFERENTE.

OBSERVE QUE O ANIMAL JÁ TINHA RECEBIDO DIVERSOS
ESPETOS NO SEU DORSO.

SERÁ MESMO QUE OS ANIMAIS (OS BICHOS) É QUE SÃO IRRACIONAIS?


Nos fazemos felizes, quando acolhemos em nós os resultados positivos daquilo em que colocamos nossa esperança e nosso coração.Mas, de uma forma igual, a infelicidade nos atinge, não necessariamente por que nos tem como meta, mas por que assim a recebemos.

Para percebermos essa realidade, é só prestarmos atenção às nossas reações ante atos e os verdadeiros desejos daqueles que provocaram.

Há pessoas que nos ferem voluntariamente, mas numa grande maioria das vezes, nos sentimos feridos, tristes e abatidos simplesmente por que reagimos a um fato, gesto feito ou não ou a uma palavra dita ou esquecida.Nossa sensibilidade ou melhor dizendo, susceptibilidade, encobre nosso céu, mesmo se fora o sol brilha com toda a sua força.

O amor puro e incondicional, por que amor, deveria fechar os olhos após cada ato. Dar-se, doar-se por amor e por que assim deve ser e ponto final seria a sublimação do altruísmo na raça humana.Portanto, falhos somos no nosso amor e daí nasce o sentimento de ingratidão que machuca tanto nosso peito.Achamos que as pessoas são ingratas por que esperamos delas um reconhecimento pelo que fazemos. Nos sentimos miúdos, usados, desgastados, por que damos sem cessar do nosso eu, nosso tempo e o retorno nunca vem.

E nessa ansiedade, nos tornamos infelizes e culpamos o outro.

Ora… o verdadeiro amor que Deus nos ensina não é uma questão de prestar serviço e aguardar o pagamento. Isso seria um contrato.

O verdadeiro amor é dar-se e ter como recompensa o sentimento de ter-se dado e feito bem ao próximo. Nada mais que isso. Amar incondicionalmente é amar de olhos fechados e coração escancarado. É atravessar uma ponte e derrubá-la atrás de si, sem esperar retorno. E se contentar dessa ação. Sentir-se recompensado simplesmente por ter dado algo de si.

Se alcançamos essa grandeza de alma e riqueza de espírito, o sentimento de insatisfação desaparece e atingimos o ápice do amor.
"Na estrada de minha casa há um pasto. Dois cavalos vivem lá. De longe, parecem cavalos como os outros, mas, quando se olha bem, percebe-se que um deles é cego. Contudo, o dono não se desfez dele e arrumou-lhe um amigo – um cavalo mais jovem. Isso já é de se admirar.

Se você ficar observando, ouvirá um sino. Procurando de onde vem o som, você verá que há um pequeno sino no pescoço do cavalo menor. Assim, o cavalo cego sabe onde está seu companheiro e vai até ele.

Ambos passam os dias comendo e no final do dia o cavalo cego segue o companheiro até o estábulo. E você percebe que o cavalo com o sino está sempre olhando se o outro o acompanha e, às vezes, pára para que o outro possa alcançá-lo. E o cavalo cego guia-se pelo som do sino, confiante que o outro o está levando para o caminho certo.

Como o dono desses dois cavalos, Deus não se desfaz de nós só porque não somos perfeitos, ou porque temos problemas ou desafios. Ele cuida de nós e faz com que outras pessoas venham em nosso auxílio quando precisamos.

Algumas vezes somos o cavalo cego guiado pelo som do sino daqueles que Deus coloca em nossas vidas. Outras vezes, somos o cavalo que guia, ajudando outros a encontrar seu caminho.

E assim são os bons amigos. Você não precisa vê-los, mas eles estão lá.

Por favor, ouça o meu sino. Eu também ouvirei o seu.

Viva de maneira simples, ame generosamente, cuide com devoção, fale com bondade… E confie, deixando o resto por conta de Deus".

(A.D)

27 de abr de 2012

Peça para um homem descrever um mulherão.
Ele imediatamente vai falar no tamanho dos seios,
na medida da cintura, nas pernas, bumbum vão
... dizer que tem que ser loira, 1,80 m, siliconada.
Agora, pergunte para uma mulher o que ela
considera um mulherão e você vai descobrir
que tem uma em cada esquina...
Mulherão é aquela que pega dois ônibus para
ir ao trabalho e mais dois para voltar e, quando
chega em casa, encontra um tanque lotado de
roupa e uma família morta de fome.
Mulherão é aquela que vai de madrugada para
a fila garantir matrícula na escola e aquela
aposentada que passa horas em pé na fila do
banco para buscar uma pensão de R$ 100,00.
Mulherão é a empresária que administra dezenas
de funcionários de segunda a sexta e uma família
todos os dias da semana.
Mulherão é quem volta do supermercado segurando várias sacolas depois
 de ter pesquisado preços e feito malabarismo com o orçamento.
Mulherão é aquela que se depila, que passa cremes,
que se maquia, que faz dietas, que malha, que usa
salto alto, meia-calça, ajeita o cabelo e se perfuma, mesmo sem nenhum
 convite para ser capa de revista.
Mulherão é quem leva os filhos na escola, busca
os filhos na escola, leva os filhos na natação,
busca os filhos na natação, leva os filhos para
a cama, conta histórias, dá um beijo e apaga a luz.
Mulherão é aquela mãe de adolescente que não
dorme enquanto ele não chega. é quem, de manhã
bem cedo, já está de pé, esquentando o leite.
Mulherão é quem leciona em troca de um salário
mínimo, é quem faz serviços voluntários, é quem
colhe uva, é quem opera pacientes, é quem lava a
roupa para fora, é quem bota a mesa, cozinha o
feijão e, à tarde, trabalha atrás de balcão.
Mulherão é quem cria os filhos sozinha, é quem
dá expediente de 8 horas e enfrenta menopausa,
TPM e menstruação.
Mulherão é quem arruma os armários, coloca flores
nos vasos, fecha a cortina para o sol não desbotar os móveis,
mantém a geladeira cheia e os cinzeiros vazios.
Mulherão é quem sabe onde cada coisa está, o que
cada filho sente e qual o melhor remédio para azia.
Julianas, Luizas, Sheilas...
Mulheres nota 10 no quesito lindas de morrer,
mas mulherão é quem mata um leão por dia!
- Martha Medeiros -
Um jovem estudante de Harvard se aproximou de um velho índio, e intentou confundi-lo com as perguntas mais difíceis. Porém o xamã esteve à altura da prova porque respondeu a todas as perguntas sem a menor vacilação e com a maior exatidão.

1 - Qual é a coisa mais antiga?

-- Deus, porque sempre tem existido.


2 - Qual é a coisa mais formosa?

-- O Universo, porque é obra de Deus.


3 - Qual é a maior de todas as coisas?

-- O Espaço, porque contém todo o Criador.


4 - Qual é a coisa mais constante?

-- A esperança, porque permanece no homem depois que haja perdido todo o mais.


5 - Qual é a melhor de todas as coisas?

-- A Virtude, porque sem ela não existe nada de bom.


6 - Qual é a mais rápida de todas as coisas?

-- O Pensamento, porque em menos de um minuto pode voar até o final do Universo.


7 - Qual é a mais forte de todas as coisas?

-- A Necessidade, porque faz com que o homem enfrente todos os perigos da vida.


8 - Qual é a mais fácil de todas as coisas?

-- Dar conselhos.


Porém, quando chegou à nona pergunta, o xamã disse um paradoxo. Deu uma resposta que, não foi jamais entendida pelo jovem doutor, e que, para a maioria das pessoas terá um sentido superficial. A pergunta foi esta:
9 - Qual é a mais difícil de todas as coisas?

E o xamã de replicou:

-- Conhecer a si mesmo.

26 de abr de 2012

Vídeo: As sete leis espirituais do sucesso - Deepak Chopra








Cada pedra natural tem sua energia própria e conectada com determinada
parte do nosso corpo (chacras) atua de maneira especial.

O sétimo chacra se localiza acima da cabeça e as cores conectadas a ele
são lilás, branco e dourado.
As pedras utilizadas para meditação são ametista, cristal, diamante e ouro.

É ideal que para a meditação haja uma preparação.
Procure um lugar confortável, arejado, e qu...e seu corpo fique deitado e relaxado.
Coloque em cima da cabeça o cristal, pois ele é responsável pela conexão cósmica, conduz ao homem maior integridade levando clareza e luz a mente e à alma. Além disso, estimula a compreensão espiritual e abre o terceiro olho (respectivo ao 6º chacra).
A amestista proporciona calma, dissolvendo assim os temores e desarmonias.
Transmite paz e harmonia.

Os benefícios desse tipo de energização serve para quem sofre com dores de cabeça,
enxaqueca, depressão, perda de memória entre outras doenças relacionadas ao cérebro.

A finalidade é ativar a espiritualidade, pois é o chacra da iluminação.

Entendendo a pressão alta

‎26 de abril - Dia Nacional da Prevenção e Combate à Hipertensão.

Essa doença atinge crianças, adultos e idosos, homens e mulheres de todas as classes sociais. Trata-se de uma DOENÇA SILENCIOSA.

O sangue leva para nossas células todo o combustível necessário para manter a nossa vida: - açúcar (glicose), oxigênio, hormônios e alegria. E retira das células o lixo da combustão - ácidos, gás carbônico e eventuais tristezas. Para realizar este trabalho, o sangue precisa circular por todo o organismo. Assim como todos os rios correm para o mar, o sangue corre sempre para o coração. O sangue sai com força do coração, percorre “quilômetros” de artérias e volta ao coração trazido pelas veias. Para que o sangue possa circular pelo corpo é necessário que uma bomba (o coração) faça força (pressão) para empurrar este sangue por dentro das artérias.  Ao passar dentro das artérias o sangue encontra uma resistência (pressão), provocada pelo atrito. Quanto mais estreita é a artéria, maior a resistência (pressão) à passagem do sangue. A força do coração para bombear o sangue é chamada de pressão máxima, ou sistólica. A resistência que a artéria oferece à passagem do sangue é chamada de pressão mínima, ou diastólica.

Desta forma, quando o médico diz que sua pressão é 12 por 8, ele está informando que a pressão (força) exercida pelo seu coração para empurrar o sangue pelas artérias é igual a 12 milímetros de mercúrio (mmHg) e que a pressão (resistência) que suas artérias estão oferecendo à passagem do sangue é de 8 mmHg. A pressão máxima tem que ser sempre maior do que a mínima, para que o sangue possa circular. Não existe pressão de 8 por 12, nem 6 por 10, porque se a mínima for maior do que a máxima, o sangue não circula.

A pressão arterial depende da largura (calibre) da artéria. Artérias com calibre normal permitem que as pressões máxima e mínima sejam também normais. Se o calibre da artéria se estreitar, aumenta o atrito do sangue e a pressão mínima; o coração terá que fazer mais força para empurrar o sangue dentro da artéria, aumentando a pressão máxima.

Veja os exemplos: Artéria com calibre normal. O sangue passa sem dificuldade.
Pressão arterial normal, tipo 12 x 7. Neste caso, a força que o coração faz - pressão máxima - está normal, porque a artéria tem calibre adequado e não faz grande resistência à passagem do sangue (pressão mínima normal).

Artéria com calibre reduzido. O sangue passa com dificuldade.

Pressão arterial alterada, tipo 18 x 10. Quando o calibre da artéria fica reduzido aumenta a resistência à passagem do sangue e, conseqüentemente, se eleva a pressão mínima. Quando a pressão mínima se eleva, o coração tem que fazer muito mais força para empurrar o sangue, e, conseqüentemente, se eleva também a pressão máxima.

A hipertensão arterial (ou pressão alta) tem sua origem no estreitamento do calibre das artérias (e conseqüente aumento de pressão), o que obriga o coração a também aumentar sua pressão para poder empurrar o sangue por dentro destas artérias estreitadas.

Não se conhece, até hoje, o motivo pelo qual as artérias ficam mais finas. Enquanto não se descobrir este motivo, não haverá cura para a pressão alta.
Os remédios para pressão alta têm a finalidade de dilatar a artéria, fazendo com que ela volte para seu calibre normal.

Quem tem pressão alta deve tomar seus remédios regularmente.

Não adianta tomar medicamentos durante um certo tempo e achar que está curado.
Não está!!!! Quando a pessoa pára de tomar os medicamentos a pressão volta a ficar alta. Isto acontece porque o remédio não está atuando sobre a causa da hipertensão (não se sabe qual é), mas sim sobre seus efeitos (o estreitamento da artéria).

Quem tem pressão alta geralmente pode, a critério médico, deixar de tomar remédios (e manter sua pressão normal) se:   
* Reduzir o peso corporal e mantê-lo normal.  
* Praticar exercícios físicos regulares, tipo caminhadas (de preferência todos os dias), por no mínimo 30 minutos.  
* Usar bebida alcoólica com muita moderação.  
*NUNCA fumar.  
*Evitar alimentos com muito sal e gordura.
A pressão alta está se tornando também uma doença das crianças, porque elas estão engordando e comendo muito sal (sanduíches, pipocas, biscoitos, etc).

PRESSÃO ALTA - (hipertensão arterial)
SE VOCÊ NÃO TEM, CUIDE PARA EVITAR.
SE VOCÊ TEM, CUIDE PARA CONTROLAR.
A SAÚDE É O MAIOR BEM DE TODOS NÓS.

25 de abr de 2012

Só por hoje


Só por hoje...
 direi que estou de mal com a depressão e se ela der as
caras aplicar-lhe-ei vinte bofetões de alegria.
Só por hoje...
 darei alta aos analistas, psicólogos, psiquiatras, conselheiros, filósofos
 e proclamarei que se antes eu era porque era o que eu era, agora sou o que sou
 porque sou tão feliz quanto penso que sou.
Como penso que sou feliz, logo sou.
Só por hoje...
 direi que a vida é uma festa, acreditarei que a vida é uma festa
e farei da festa a minha vida.
Só por hoje...
 admitirei que todo homem nasce feliz, passa a infância feliz, depois cresce
 e esconde a felicidade para que não a roubem,
só que daí esquece onde a colocou.
Mas só por hoje lembrarei que estás na minha mente.
Só por hoje...
 rirei à toa e contar-me-ei uma piada tão velha quanto a história daquele sujeito
 que olhava por cima do óculos para não gastar as lentes.
Só por hoje...
 revelarei ao mundo que sou feliz e chamarei de absurda toda opinião contrária.
Só por hoje...
 acreditarei que ri melhor quem ri por si mesmo. Já estou rindo.
Só por hoje...
 informarei a todos que sou tão feliz quanto resolvi ser.
Só por hoje...
 guardarei a seriedade no baú e deixarei que a criança interior
brinque comigo o tempo todo.
Só por hoje...
 estarei tão bem-humorado que rirei até até daquele anúncio que diz:
 "Vende-se uma mala por motivo de viagem."
Só por hoje...
 admitirei que ser feliz é tão simples quanto dizer que sou feliz.
Só por hoje...
 estarei tão feliz que não sentirei falta de sentir falta da felicidade.
Só por hoje...
 expulsarei da minha casa a tristeza e hospedarei a alegria,
o sorriso e o bom-humor.
Só por hoje...
 abrigarei a felicidade sob o meu teto, vesti-la-ei com roupas do bem-estar,
dar-lhe-ei a comida do sorriso, a bebida da alegria e a divertirei com conversas
 agradáveis e positivas.
Só por hoje...
 me divorciarei do passado, romperei o namoro indecoroso com os males do
 presente e casarei indissoluvelmente com a felicidade.
Só por hoje...
 hastearei a bandeira do bom-humor sobre meu próprio território.
Só por hoje...
 decidirei que sou definitivamente FELIZ.
Autor: Paulo Trevisan