CHEGUE NA PAZ

21 de ago de 2010

O que atraímos para nós?

“O ser humano é parte de um todo chamado por nós de Universo, uma parte limitada no tempo e no espaço. Ele experimenta a si mesmo, seus pensamentos e sentimentos como algo separado do resto, um tipo de ilusão de ótica de sua consciência. Essa ilusão para nós, restringindo-nos aos nossos desejos pessoais e à afeição por umas poucas pessoas próximas a nós. Nosso trabalho deve ser libertar-nos dessa prisão, ampliando nosso círculo de compaixão para abraçar todas as criaturas vivas e a natureza inteira em sua beleza”. Albert Einstein

Não temos mais como negar que atraímos para nossa vida aquilo que experimentamos internamente através dos sentimentos e pensamentos, que nos conferem um padrão vibratório. Essa sintonia determina o universo de acontecimentos posteriores. Todas as situações que aproximamos surgem em consequência desse mecanismo. O acomodado está vibrando na freqüência (estado de espírito) do comodismo, logo irá aproximar para sua experiência de vida, situações que o mantenha sempre no mesmo padrão. O triste, magoado da mesma forma.
O doente, também... O saudável e rico igualmente.
Ser criador da sua realidade é pensar e sentir. E se você pode pensar e sentir, logo poderá ser responsável pela sua vida e seus rumos.
Os sentimentos são o leme, o pensamento é o motor! O que está pensando agora? Como está se sentindo nesse momento? O que está almejando? Quais são seus sonhos? Para onde você está navegando, para qual direção? Sempre estamos navegando (porque estamos vivos nessa experiência física), mas para qual direção?
Você escolhe... Sim, sempre é você, sempre somos nós, os eternos responsáveis. Isso é livre-arbítrio, a bênção de sermos criadores de nossa realidade. E se você não tem metas, o que acontece? E se você não sonha mais com nada? Não se permite imaginar nada além do que pode ver na realidade atual?
O que acontece é que você determina a sua sentença: sua estagnação! Quando ocorre, a pessoa começa a morrer por dentro, e o pior: na maioria das vezes ela nem percebe, até que seja tarde demais. Muitas pessoas nos cursos de formação que ministramos sempre dizem:
"Eu não tenho metas, eu não penso nisso, o que Deus me der está bom"...
É muito desconcertante ouvir tais comentários, simplesmente porque Deus entregou em nossas mãos essa capacidade de decidir, assim sendo não podemos devolver a responsabilidade daquilo que ganhamos.



Não ter metas é o mesmo que não querer evoluir. É o mesmo que não querer existir...

É suicídio em gotas...




Estamos nos referindo as metas que vem da alma, que trazem alegria de viver pelo simples fato de pensar nelas sendo realizadas. Metas superficiais ou fúteis não sobrevivem ao tempo. As pessoas não tem metas por terem medo de serem felizes, das mudanças, de terem que agir e não saberem o que encontrar. Outras tem preguiça ou estão viciadas em seus modos de viver estagnados. Tantas outras decidem ter metas muito tarde quando as doenças já as encontraram. Tenha metas sem medo. Questões pessoais, profissionais, materiais, afetivas, familiares, não importa, escolha o que quiser. Tudo vale desde que as metas estejam sempre alinhadas com o seu coração, o seu propósito maior e a sua identidade. Não deixe os traumas do passado, as crenças, as histórias tristes drenarem a sua capacidade de sonhar, porque no instante que isso acontece você já começa a abreviar a sua vida.
Como sempre, você começa a criar uma realidade mais difícil e dolorida...
Vamos, pense: o que você gostaria de ter ou ser? Onde queria estar? Como você quer a sua vida de agora em diante? Seria bom ter bastante saúde não é mesmo? Seria bom ter saúde, paz e prosperidade não é mesmo? Seria bom uma conta bancária recheada, uma família feliz, uma vida harmoniosa com o relacionamento amoroso dos seus sonhos, não é mesmo? Seria bom viajar periodicamente para lindos locais, descansar em um belo hotel a beira mar, relaxar em uma casa de campo, não é mesmo? Seria bom ter o reconhecimento profissional que você sempre sonhou, não é mesmo? Seria bom ter seu carro, sua casa, seus bens materiais e liberdade financeira, não é mesmo?
Ah, como seria bom... Ah como é bom... Ah! Eu posso imaginar...
Até consigo sentir como se já tivesse conquistado todos esses ítens acima... E você, consegue imaginar isso tudo para sua vida?
Permita-se, é uma experiência transformadora, é a mais perfeita alquimia da alma. É aqui que muita gente tropeça, porque não conseguem entender o como. Como alguém que ganha salário mínimo pode pensar em ter uma lancha e uma casa na praia se nem dinheiro para o ônibus tem? Como podem pensar em férias, conta bancária abundante, se nem saúde tem? Como podem pensar em relacionamento perfeito se nem se amam ou se aceitam? Como? Isso não importa...
As leis universais funcionam, queira você ou não, acredite ou não! Você se torna a essência daquilo que pensa e sente predominantemente. Então o segredo é pensar o maior tempo possível em como gostaria que sua vida fosse. Assim toda a energia de sua vida estará alimentando uma nova realidade de que você decidiu criar. Não tenha preguiça, faça a sua parte e daqui uma hora você já sentirá os acontecimentos à sua volta mudarem para melhor. E quando você, conseguir sustentar na sua mente, o máximo do tempo de seus dias, as imagens das suas metas se realizando, você mudará a sua vida tão drasticamente que as pessoas ao seu redor irão querer conhecer o segredo do seu sucesso e você terá o imenso prazer em dizer: É simples, tenha metas, acredite nelas, sinta, imagine elas se realizando. Assim você terá calibrado o seu foco para se tornar um grande realizador, você assumira com maturidade a capacidade que lhe foi dada desde sempre:
De ser o criador consciente da sua realidade!

Algumas dicas:
- Pense em pelo menos três sonhos esquecidos da sua vida. Você até pode voltar aos pensamentos que tinha na infância, de desejos que tinha.
- Respire fundo, feche os olhos, relaxe os sentidos. Agora mentalize aquele sonho realizado. Procure imaginar como seria, que sentimento você teria com essa meta realizada.
- O seu maior desafio é conseguir atingir internamente o mesmo nível de satisfação que sentirá o dia que sua meta materializar-se em sua vida.
- Faça esse exercício para esses três sonhos ou metas, sejam da infância, sejam de agora, não importa, sonhar é livre.
- Perceba as visualizações que lhe fizeram sentir-se melhor e memorize-as. Daqui pra frente, sempre reserve um tempo para entrar nessa visualização várias vezes ao dia. O que você está sentindo pela força da visualização logo se tornará realidade em sua vida.
Importante:
Elimine qualquer sentimento de resistência do tipo que não acredita se isso funcionará, que é besteira perder seu tempo ou que está fazendo papel de ridículo com as mentalizações.
Perguntamos: O que você quer realmente da sua vida? Achamos que quer ser feliz, próspero, saudável, não é mesmo?
Então tente, é o mínimo que você tem a fazer e não custa nada!

Bruno J. Gimenes
Conheça o Luz da Serra: www.luzdaserra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário