CHEGUE NA PAZ

28 de jun de 2010

Vídeo: Aquilo que dá no coração - Lenine

Viver como as flores


- Mestre, como faço para não me aborrecer?
Algumas pessoas falam demais, outras são ignorantes, algumas são indiferentes, sinto ódio das que são mentirosas, sofro com as que caluniam.
- Pois viva como as flores - advertiu o Mestre.
- E como viver como as flores? Perguntou o discípulo.
- Repare nestas flores, continuou o Mestre, apontando para os lírios que cresciam no jardim. Eles nasceram no esterco, entretanto são flores puras e perfumadas. Extraem do adubo malcheiroso tudo o que lhes é útil e saudável, mas não permitem que o estrume da terra manche o frescor de suas pétalas. É justo angustiar-se com as próprias culpas, mas não é sábio permitir que os vícios dos outros o importunem. Os defeitos deles são deles e não seus. Se não são seus não há razão para aborrecimentos. Exercite, pois, a virtude de respeitar todo mal que vem de fora. A cada minuto que passamos com raiva, perdemos sessenta segundos de nossas vidas!

O valor das pequenas coisas


Aprenda a escutar a voz das coisas, dos fatos e você verá tudo fala, como tudo se comunica contigo...








Em cada indelicadeza, assassino um pouco aqueles que me amam...
Em cada desatenção, não sou nem educado, nem cristão...
Em cada olhar de desprezo, alguém termina magoado...
Em cada gesto de impaciência, dou uma bofetada invisível
Em cada perdão que eu nego vai um pedaço do meu egoísmo...
Em cada ressentimento, revelo meu amor-próprio ferido...
Em cada palavra áspera que digo, perco alguns pontos no céu...
Em cada omissão que pratico, rasgo uma folha do Evangelho...
Em cada esmola que eu nego, um pobre se afasta mais triste...
Em cada oração que não faço, eu peco...
Em cada juízo maldoso, meu lado mesquinho se revela...
Em cada fofoca que faço, eu peco contra o silêncio...
Em cada pranto que enxugo, eu torno alguém mais feliz...
Em cada ato de fé, eu canto um hino à vida...
Em cada sorriso que espalho, eu planto alguma esperança...
Em cada espinho que finco, machuco algum coração...
Em cada espinho que arranco, alguém beijará minha mão...
Em cada rosa que oferto, os anjos dizem: “Amém”.

A importância do ser


Um executivo muito bem-sucedido e informado foi fazer um passeio turístico. Para a travessia de uma à outra margem do rio, alugou uma canoa que era conduzida por um pescador. Durante o percurso, o executivo perguntou ao pescador: -Você sabe ler e escrever?
-Não, sou analfabeto - respondeu o pescador. O executivo então lhe disse:
-Você está perdendo parte da sua vida por não saber ler e escrever.
E o pescador continuou o percurso. Mais adiante o executivo fez outra pergunta: -Você entende de política?
-Não, senhor, pois nunca pude estudar - respondeu o pescador.
O executivo mais uma vez sentenciou: -Você está perdendo uma boa parte da vida. A canoa, continuando seu curso, bateu numa pedra. O pescador perguntou então ao executivo: -O senhor sabe nadar?
-Não - respondeu ele desesperado. O pescador tranqüilamente completou.
-Pois então o senhor vai perder sua vida toda, pois a canoa está afundando.

Atualmente nós nos preocupamos muito em estar bem informados, fazer cursos, falar outras línguas. Tudo isso é importante, principalmente no mundo de hoje, cheio de tantas informações, onde as coisas mudam a cada segundo, mas não podemos nos esquecer do essencial, das coisas simples. De nada adianta sabermos tanto, termos tanto... e não sermos nada. Muitas vezes somos como esse executivo: valorizamos muito o ter e o saber e desprezamos a essência do ser.

Momentos...


"Nós, pelo Espírito, aguardamos a esperança da justiça que provém da fé."
(Gl 5.5)






Há momentos na vida em que tudo parece muito escuro. Tão escuro que temos que esperar até mesmo a esperança que não sentimos. Se já não é agradável esperar, se isto já causa ansiedade quando sentimos esperança, algumas pessoas podem achar impossível não ver nenhum lampejo no horizonte, se ver em um túnel escuro do qual não se pode enxergar a saída, sem se entregar ao desespero. Mas... quando não há esperança? A esperança não deixa de existir, esperar é a própria esperança! Temos que acreditar numa força maior, temos que recusar o desespero, mesmo que nada exista frente à janela, senão noite! Vamos conservá-la aberta para um aparecimento de estrelas que julgamos impossível; ter um lugar vazio no coração, não significa que ele se ocupe de uma presença inferior, que nos impeça de crer no que está por vir. Quando compreendermos que o esperar é inevitável, saberemos que este esperar é a esperança; e, se temos fé em nossos corações, saberemos que nada; nunca está perdido. É este poder que devemos pedir em nossas orações, o poder de nesta espera sentir dentro de nossos corações o que é a esperança, o poder de deixar a janela aberta para o aparecimento das estrelas, mas não deixar nela nossos olhos ansiosos, não concentrar nossas forças na espera que exige que elas surjam de imediato; e, sim, o poder de sentir que as estrelas surgirão, e nos sentirmos bem com isto. Devemos tentar entender que a espera consciente de que há uma solução; não se trata de nos iludir; é a certeza de que nada está perdido! É disto que precisamos para que nossa espera seja tranqüila, é esta serenidade que temos que experimentar, que fará com que todos que nos cercam sintam que temos fé, e que se contagiem sentindo que nossa fé é inquebrantável. Porque a serenidade, como o desespero, ambos contagiam. Sintamos que aquilo que os homens chamam de paz, está ali mesmo, logo após da cena visível das coisas, para os que acreditam.

Baseado em texto extraído do livro "Mananciais no Deserto".

A CASA QUEIMADA


Um certo homem saiu em uma viagem de avião. Era um homem temente a Deus, e sabia que Deus o protegeria. Durante a viagem, quando sobrevoavam o mar, um dos motores falhou e o piloto teve que fazer um pouso forçado no oceano. Quase todos morreram, mas o homem conseguiu agarrar-se a alguma coisa que o conservou em cima da água. Ficou boiando à deriva, durante muito tempo, até que chegou a uma ilha não habitada. Ao chegar à praia, cansado, porém vivo, agradeceu a Deus por tê-lo salvo da morte. Ele conseguiu se alimentar de peixes e ervas. Conseguiu derrubar algumas árvores e com muito esforço conseguiu construir uma casa para ele. Não era bem uma casa, mas um abrigo tosco, com paus e folhas. Porém significava proteção. Ele ficou todo satisfeito e mais uma vez agradeceu a Deus, porque agora podia dormir sem medo dos animais selvagens que talvez pudessem existir na ilha. Um dia ele estava pescando e, quando terminou, havia apanhado muitos peixes. Assim, com comida abundante, estava satisfeito com o resultado da pesca. Porém, ao voltar-se na direção de sua casa, qual não foi sua decepção ao vê-la toda incendiada. Ele se sentou em uma pedra, chorando e dizendo em prantos:
- "Deus! Como é que o Senhor podia deixar isto acontecer comigo? O Senhor sabe que eu preciso muito desta casa para poder me abrigar, e o Senhor deixou toda minha casa se queimar. Deus, o Senhor não tem pena de mim?"

Neste momento uma mão pousou no seu ombro e ele ouviu uma voz dizendo:
-"Vamos, rapaz?"

Ele se virou para ver quem lhe falava, e qual não foi sua surpresa quando viu à sua frente um marinheiro todo fardado e dizendo:
- "Vamos rapaz, nós viemos buscá-lo".
- "Mas como é possível? Como vocês souberam que eu estava aqui?"
- "Ora, amigo! Vimos os seus sinais de fumaça pedindo socorro. O capitão ordenou que o navio parasse e me mandou vir buscá-lo naquele barco ali adiante."

Os dois entraram no barco e assim o homem foi para o navio que o levaria em segurança de volta para os seus entes queridos.

Vídeo: Ben - Michael Jackson

27 de jun de 2010

Vídeo: Renova-me (Voz da Verdade)

Mahatma Gandhi


“Creio em mim mesmo; creio nos que trabalham comigo; creio nos meus amigos; creio na minha família; creio que Deus me emprestará tudo que necessito para triunfar, contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e honestos; creio nas orações e nunca fecharei os meus olhos para dormir, sem pedir antes a devida oração a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam como eu acredito; creio que o triunfo é resultado de esforços inteligentes, que não dependem de sorte, de magia, de amigos, companheiros duvidosos ou de meu chefe; creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar. E assim sendo, serei cauteloso quando tratar os outros, como quero que eles sejam comigo. Não caluniarei aqueles de quem não gosto; não diminuirei meu trabalho por que os outros o fazem; prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida, e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente e eficaz. Finalmente, perdoarei os que me ofendem, porque compreendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.”

Essa é pra descontrair...

Em uma cidadezinha do interior havia um abacateiro carregado dentro do cemitério. Dois amigos decidiram entrar lá à noite (quando não havia vigilância) e pegar todos os abacates. Eles pularam o muro, subiram a árvore com as sacolas penduradas no ombro e começaram a distribuir o 'prêmio'. Um pra mim, um pra você. Um pra mim, um pra você. Pô! Você deixou dois caírem do lado de fora do muro! Não faz mal, depois que a gente terminar aqui pegamos os outros dois. Então tá bom, mais um pra mim, um pra você. Um bêbado, passando do lado de fora do cemitério, escutou esse negócio de 'um pra mim e um pra você' e saiu correndo para a delegacia. Chegando lá, virou para o policial: - Seu guarda, vem comigo! Deus e o diabo estão no cemitério dividindo as almas dos mortos!
- Ah, cala a boca bêbado.
- Juro que é verdade, vem comigo.
Os dois foram até o cemitério, chegaram perto do muro e começaram a escutar...
- Um para mim, um para você...
O guarda assustado:
- É verdade! É o dia do Apocalipse!
Eles estão dividindo as almas dos mortos! O que será que vem depois?
- Um para mim, um para você. Pronto, acabamos aqui. E agora?
- Agora a gente vai lá fora e pega os dois que estão do outro lado do
muro...

Desejo...


Desejo pra sua vida: Que as verdadeiras amizades continuem eternas. Que as lágrimas sejam poucas e compartilhadas. Que as alegrias estejam sempre presentes e sejam festejadas por todos. Que o carinho esteja presente em um simples olá, ou em qualquer outra frase. Que os corações estejam sempre abertos para novas amizades, novos amores, novas conquistas. Que Deus esteja sempre com sua mão estendida apontando o caminho correto. Que as coisas pequenas como a inveja ou o desamor, sejam retiradas de sua vida. Que aquele que necessite de ajuda encontre sempre em nós uma animadora palavra amiga. Que a verdade sempre esteja acima de tudo. Que o perdão e a compreensão superem as amarguras e as desavenças. E que tudo que sonhamos se transforme em realidade.

Algumas maneiras de fazer alguém feliz


Dê um beijo. Um abraço, um passo em sua direção. Aproxime-se sem cerimônia. Dê um pouco de calor, do seu sentimento. Assente-se bem perto e deixe ficar, algum tempo ou muito tempo. Não conte o tempo de se dar. Aprenda a burlar a superficialidade. Sonhe o sonho sem duvidar. Deixe o sorriso acontecer; liberte um imenso sorriso. Rasgue o preconceito. Olhe nos olhos. Aponte um defeito, com jeito. Respeite uma lágrima. Ouça uma história ou muitas com atenção. Escreva uma carta, mande um e-mail. Irradie simplicidade, simpatia, energia num toque de três dedos. Observe as coincidências. Não espere ser solicitado. Preste um favor. Lembre-se de um caso. Converse sério ou fiado. Conte uma piada. Ache graça. Ajude a resolver um problema. Pergunte: Por que? Como vai? Que tem feito de bom? Que há de novo? E preste atenção. Sugira um passeio, um bom livro, um bom filme ou mesmo um programa de televisão. Diga, de vez em quando: desculpe, muito obrigado, não tem importância, que se há de fazer, dá-se um jeito. Tente, de alguma maneira e não se espante se a pessoa mais feliz for você!!

Morre lentamente...


Morre lentamente quem não troca de idéias, não troca de discurso, evita as próprias contradições. Morre lentamente quem vira escravo do hábito, repetindo todos os dias o mesmo trajeto e as mesmas compras no supermercado. Quem não troca de marca, não arrisca vestir uma cor nova, não dá papo para quem não conhece. Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru e seu parceiro diário. (Como pode 14 polegadas ocupar tanto espaço em uma vida?) Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o 'preto no branco' e os 'pingos nos is' a um turbilhão de emoções indomáveis, justamente as que resgatam brilho nos olhos, sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos. Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho, quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos. Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não acha graça de si mesmo. Morre lentamente quem destrói seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar. Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante, desistindo de um projeto antes de iniciá-lo, não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe. Evitemos a morte em suaves prestações, lembrando sempre que estar vivo exige um esforço bem maior do que simplesmente respirar! Que Deus o capacite a viver como se hoje fosse seu último dia!

Pessoas são como elos...


Pessoas são como elos que se entrelaçam pela força do destino, que se definem pelo livre arbítrio. Pessoas formam histórias. Histórias de vida, com rumos pré destinados. Histórias de vida de livre escolha dos próprios atos. O nosso eu é formado de pessoas: pessoas que amamos, odiamos, pessoas que não gostam da gente, especiais ou insignificantes. A nossa história é formada de pessoas. Muitas delas ficam apenas um pouquinho conosco. Outras, uma eternidade de tempo físico. Outras ainda uma eternidade de tempo espiritual. Essas permanecem conosco mesmo depois que o elo físico se rompe. São personagens de relações eternas de Amor! O rompimento doloroso só consegue provocar o afastamento da matéria; do espírito jamais. São essas pessoas que fundamentam o nosso alicerce de vida. Elas vão e ficam ao mesmo tempo. São pessoas que jamais nos deixam sós, pelo simples fato de morarem dentro de nós. Elas são elos inquebráveis, que nos tornam capazes de sermos também elos em outras vidas. Elos de amizade... Elos de amor... e assim é a corrente da vida, onde as pessoas formam sempre elos...

Amar é...


Amar é olhar para dentro de si mesmo, e dizer: Eu quero. É viver intensamente. É sonhar com uma gota de realidade e realizar uma gota desse sonho. É estar presente até na ausência. Amar é ter em quem pensar. É razão que ninguém teria razão para nos tirar. É ser só de alguém e nunca deixar esse alguém só. É pensar em você tão alto a ponto de você escutar. Amar é ir até a morte. É acordar para a realidade do sonho. É vencer através do silêncio. É ser feliz até com um pouco quando muito não é bastante. Amar é dar anistia ao seu coração. É sonhar o sonho de quem sonha com você. É sentir saudades. É chegar perto na distância. Amar é a força da razão. É quando os momentos são eternos. Amar é ser adulto e se sentir criança. É viver a vida em versos e ao inverso. É a maior experiência na vida de alguém.

autor desconhecido

O melhor possível


“Se você não puder ser um pinheiro no topo da colina, seja uma pequena árvore no meio do vale; mas seja a melhor árvore à margem do regato... Se não puder ser árvore, seja um ramo, se não puder ser um ramo, seja um pouco de relva e dê alegria aos que passam no caminho. Não podemos ser todos comandantes; temos de ser soldados. Mas há um lugar para todos nós. Existem grandes e pequenas obras e sempre há uma tarefa que devemos realizar. Se não puder ser uma estrada real, seja uma simples vereda. Se não puder ser Sol, seja uma pequena estrela. Mas seja o melhor que lhe for possível.”

Douglas Malloch

26 de jun de 2010

EU APRENDI (diferente)


Que a melhor sala de aula do mundo está aos pés de uma pessoa mais velha;
Que quando você está amando dá na vista;
Que basta uma pessoa me dizer: "Você fez meu dia", para ele se iluminar;
Que ter uma criança adormecida
em seus braços é um dos momentos mais pacíficos do mundo;
Que ser gentil é mais importante do que estar certo;
Que nunca se deve negar um presente a uma criança;
Que eu sempre posso orar por alguém quando
não tenho a força para ajudá-lo de alguma outra forma;
Que não importa quanta seriedade a vida exija de você,
cada um de nós precisa de um amigo brincalhão para se divertir junto;
Que algumas vezes tudo o que precisamos
é de uma mão para segurar e um coração para nos entender;
Que os passeios simples com meu pai, em volta do quarteirão,
nas noites de verão, quando eu era criança, fizeram maravilhas
para mim, quando me tornei adulto;
Que deveríamos ser gratos a Deus
por não nos dar tudo que lhe pedimos;
Que dinheiro não compra "classe";
Que são os pequenos acontecimentos diários
que tornam a vida espetacular;
Que debaixo da "casca grossa" existe uma pessoa
que deseja ser apreciada e amada;
Que Deus não fez tudo num só dia;
O que me faz pensar que eu possa?
Que ignorar os fatos não os altera;
Que quando você planeja se nivelar com alguém,
apenas está permitindo que essa pessoa continue a magoar você;
Que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;
Que a maneira mais fácil para eu crescer como pessoa,
é me cercar de gente mais inteligente do que eu;
Que cada pessoa que a gente conhece deve ser saudada com um sorriso;
Que ninguém é perfeito, até que você se apaixone por essa pessoa;
Que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;
Que quando o ancoradouro se torna amargo a
felicidade vai aportar em outro lugar;
Que devemos sempre ter palavras doces e gentis,
pois, amanhã talvez tenhamos que engoli-las;
Que um sorriso é a maneira mais barata de melhorar sua aparência;
Que não posso escolher como me sinto,
mas posso escolher o que fazer a respeito;
Que todos querem viver no topo da montanha,
mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você a está escalando;
Que, quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer; e

Que tenho muito a aprender!

Há sempre alguém...


Há pessoas caladas que precisam de alguém para conversar.
Há pessoas tristes que precisam de alguém que as conforte.
Há pessoas tímidas que precisam de alguém que as ajude a vencer a timidez.
Há pessoas sozinhas que precisam de alguém para brincar.
Há pessoas com medo que precisam de alguém para lhes dar a mão.
Há pessoas fortes que precisam de alguém que as faça
pensar na melhor maneira de usarem a sua força.
Há pessoas habilidosas que precisam de alguém para ajudar
a descobrir a melhor maneira de usarem a sua habilidade.
Há pessoas que julgam que não sabem fazer nada
e precisam de alguém que as ajude a descobrir o quanto sabem fazer.
Há pessoas apressadas que precisam de alguém para
lhes mostrar tudo o que não tem tempo para ver.
Há pessoas impulsivas que precisam de alguém
que as ajude a não magoar os outros.
Há pessoas que se sentem de fora e precisam
de alguém que lhes mostre o caminho de entrada.
Há pessoas que dizem que não servem para nada
e precisam de alguém que as ajude a descobrir como são importantes.

Precisam de alguém
Talvez de ti ...

Lições para bem viver


O pensador russo Gurdjieff, que no início do século passado já falava em auto-conhecimento e na importância de se saber viver, traçou algumas regras de vida que foram colocadas em destaque no Instituto Francês de Ansiedade e Stress, em Paris. Segundo os especialistas em comportamento humano, quem consegue praticar a metade dessas lições, com certeza terá mais harmonia íntima e menos estresse. As regras são as seguintes:

* Faça pausas de dez minutos a cada duas horas de trabalho, no máximo.

* Repita essas pausas na vida diária e pense em você, analisando suas atitudes.

* Aprenda a dizer não sem se sentir culpado ou achar que magoou. Querer agradar a todos é um desgaste enorme.

* Planeje seu dia, sim, mas deixe sempre um bom espaço para o improviso, consciente de que nem tudo depende de você.

* Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez. Por mais ágeis que sejam os seus quadros mentais, você se exaure.

* Esqueça, de uma vez por todas, que você é imprescindível. No trabalho, em casa, no grupo habitual. Por mais que isso lhe desagrade, tudo anda sem a sua atuação, a não ser, você mesmo.

* Abra mão de ser o responsável pelo prazer de todos. Não é você a fonte dos desejos, o eterno mestre de cerimônias.

* Peça ajuda sempre que necessário, tendo o bom senso de pedir às pessoas certas.

* Diferencie problemas reais de problemas imaginários e elimine-os, porque são pura perda de tempo e ocupam um espaço mental precioso para coisas mais importantes.

* Tente descobrir o prazer de fatos cotidianos como dormir, comer e tomar banho, sem achar que isso é o máximo a se conseguir na vida.

* Evite se envolver na ansiedade e tensão alheias enquanto ansiedade e tensão. Espere um pouco e depois retome o diálogo, a ação.

* Saiba que a família não é você, está junto de você, compõe o seu mundo, mas não é a sua própria identidade.

* Entenda que princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso, a trave do movimento e da busca.

* É preciso ter sempre alguém em quem se possa confiar e falar abertamente ao menos num raio de cem quilômetros.

* Saiba a hora certa de sair de cena, de retirar-se do palco, de deixar a roda. Nunca perca o sentido da importância sutil de uma saída discreta.

* Não queira saber se falaram mal de você e nem se atormente com esse lixo mental; escute o que falaram bem, com reserva analítica, sem qualquer convencimento.

* Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois, é ótimo... para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.

* A rigidez é boa na pedra, não no homem. A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.

* Uma hora de intenso prazer substitui com folga três horas de sono perdido. O prazer recompõe mais que o sono. Logo, não perca as oportunidades saudáveis de se divertir.

* Não abandone suas três grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência e a fé.

* Por fim, entenda de uma vez por todas, definitiva e conclusivamente: você é o que fizer de você mesmo.

Grande número de pessoas gasta boa parte do seu tempo em esforços inúteis e desnecessários. Uns gastam horas tentando fazer com que os outros aceitem suas idéias. Outros perdem horas de sono pensando no que irão dizer no dia seguinte, numa conversa que não acontecerá. Tem aqueles que se detém por longo tempo alimentando ilusões. Isso prova que fazemos esforços inúteis ou até prejudiciais ao nosso bem-estar. Assim sendo, anote as regras de Gurdjieff e prepare-se para uma vida de melhor qualidade.

Basta um minuto!


Um minuto serve para você sorrir: Sorrir para o outro, para você e para a vida. Um minuto serve para você ver o caminho, olhar a flor, sentir- lhe o aroma, tatear a relva molhada, notar a transparência da água. Basta um minuto para você avaliar a imensidão do infinito, mesmo que não possa entendê-lo. Em um minuto, apenas, você ouve o som de pássaros que não voltam mais. Um minuto serve para você ouvir o silêncio, ou começar uma canção. É num minuto que você dará o "sim" que poderá modificar toda a sua vida... Basta um minuto! Num minuto você aperta a mão de alguém e conquista um novo amigo. Em um minuto você pode sentir a responsabilidade pesar em seus ombros, a tristeza da derrota, a amargura da incerteza, o gelo da solidão, a ansiedade da espera, a marca da decepção ou a alegria da vitória... Quantas vitórias se decidem num simples momento, num simples minuto! Num minuto você pode amar, buscar, compartilhar, perdoar, esperar, crer, vencer e ser... Num simples minuto você pode salvar a sua vida... Num pequeno minuto você pode incentivar alguém ou desanimá- lo! Basta um minuto para você recomeçar a reconstrução de um lar ou de uma vida. Basta um minuto de atenção para você fazer feliz um filho, um aluno, um professor, um semelhante...Basta um minuto para você entender que a eternidade é feita de minutos... De todos os minutos...

(Autor desconhecido)

Nascendo de novo


Às vezes somos possuídos por uma sensação de tristeza que não conseguimos controlar. Percebemos que o instante mágico daquele dia passou, e nada fizemos. Então, a vida esconde sua magia e a sua arte. Tenho que escutar a criança que fui um dia, e que ainda existe dentro de mim. Esta criança entende de instantes mágicos; podemos sufocar seu pranto, mas não podemos calar sua voz. Esta criança que fui um dia continua presente; bem-aventurados os pequeninos, porque deles é o Reino dos Céus. Se não nascer de novo, se não tornar a olhar a vida com a inocência e o entusiamo da infância, não existe mais sentido em viver. Existem muitas maneiras de se cometer suicídio; os que tentam matar o corpo ofendem a lei de Deus. Os que tentam matar a alma, também ofendem a lei de Deus, embora seu crime seja menos visível aos olhos do homem. Eu tenho que prestar atenção ao que me diz a criança que tenho guardada no peito. Não posso me sentir envergonhado por causa dela. Não posso deixar que ela tenha medo, porque está só, e quase nunca é ouvida. Preciso permitir que ela tome um pouco as rédeas de minha existância: esta criança sabe que um dia é diferente do outro. Vou fazer com que ela sinta-se de novo amada. Vou agradá-la - e mesmo que isso signifique agir de maneira a que não estou acostumado, mesmo que pareça tolice aos olhos dos outros. Preciso me lembrar que a sabedoria dos homens é loucura diante de Deus. Se escutar esta criança que carrego na minha alma, meus olhos tornarão a brilhar. Se não perder o contato com esta criança, não perderei o contato com a vida.

Paulo Coelho

A prece da vitória


Eu sinto continuamente a inspiração direta de Deus.

Tomo rapidamente decisões certas.

Surpresas felizes me sucedem diariamente.

Vejo com admiração tudo o que se acha à minha volta.

Tenho uma vida tranqüila, que me pertence por direito divino.

Tenho um corpo saudável e perfeito.

Sou realizado em todos os aspectos da minha vida.

E é por isso que sou vencedor.

(José Gama Chagas)

Oração para o anjo da guarda


Meu companheiro de todas as horas; amigo de todos os momentos, tanto os de alegria como os de sofrimento; guia meus passos, meus pensamentos e minhas ações; cria em redor de mim um círculo de defesa contra os fluídos, influências ou interferências que possam afetar-me o corpo ou a mente; ajudando-me também estarás te ajudando, num intercâmbio de amor, de paz e de compreensão; sê o meu porta-voz diante de outros espíritos superiores, médicos ou cientistas; professores ou sacerdotes; guias ou amigos para que me dirijam na solução dos meus problemas físico-espirituais. Agradeço-te sinceramente toda a assistência que me prestaste, toda orientação que imprimiste à minha vida, socorrendo-me nas horas aflitivas, consolando-me nas épocas de amarguras e sugerindo-me a prática do amor e da caridade. Que Deus te dê mais luz, força e poder como recompensa pelo esforço, dedicação e afeto que demonstras no cumprimento de tão importante missão.

Ei! Sorria!


Ei! Sorria... Mas não se esconda atrás desse sorriso. Mostre aquilo que você é, sem medo. Existem pessoas que sonham com o seu sorriso, assim como eu. Viva! Tente! A vida não passa de uma tentativa. Ei! Ame acima de tudo, ame a tudo e a todos. Não feche os olhos para a sujeira do mundo, não ignore a fome! Esqueça a bomba, mas antes, faça algo para combatê-la, mesmo que se sinta incapaz. Procure o que há de bom em tudo e em todos. Não faça dos defeitos uma distancia, e sim, uma aproximação. Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver. Entenda! Entenda as pessoas que pensam diferente de você, não as reprove. Ei! Olhe... Olhe a sua volta, quantos amigos... Você já tornou alguém feliz hoje? Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo? Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você. Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonho em fuga. Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela. Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você. Ei! Ouça... Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante. Suba... faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo, mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida. Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom dentro de você. Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar. Ei! Você... não vá embora. Eu preciso dizer-lhe que te adoro, simplesmente porque você existe.

Charles Chaplin

Acredite na vida!


1. Afirme somente se tiver certeza; acredite somente se lhe derem fatos; gaste somente se souber de onde tirar os fundos; coma somente se tiver fome; durma somente se tiver sono e, em caso de dúvida, fique na sua e siga seu próprio nariz.

2. Abrace muito, beije mais ainda e ria, já que a vida é de graça.

3. Peça - sempre haverá alguém quem lhe dará o que você está precisando.

4. Despeça-se do que já passou - quem vive de passado é museu.

5. Pare de se preocupar. Suas desgraças nunca serão do tamanho que você pensa. Nem seus êxitos.

6. Perdoe-se por suas burrices e fracassos. Se você não se perdoar, vai
ser inútil pedir desculpas ou dizer "sinto muito" a quem quer que seja.

7. Reze para agradecer, nunca para pedir. Você já recebeu mais do que
suficiente para crescer e ser feliz.

8. Não perca tempo em discussões inúteis. Ao invés de brigar, cante uma
canção do Roberto, tome um banho frio ou vá dar uma volta de bicicleta
no parque.

9. Desista de fazer a cabeça dos outros - o que eles pensam de você não
é da sua conta. Adote a filosofia do CAVALO NA PARADA DE 7 DE SETEMBRO - "cagando, andando e sendo aplaudido".

10. Cuide de si mesmo como se estivesse cuidando do seu melhor amigo.

11. Expresse a sua individualidade. Transe a sua sexualidade. Apóie-se em seus talentos e virtudes. Concentre-se em seus objetivos. Pare de fumar, e faça ginástica 3x por semana, no mínimo. Mude algo em si mesmo todos os dias. Abra-se com alguém.

12. Faça alguma coisa que sempre desejou fazer, que pode fazer, mas que
tinha vergonha.

13. Cometa erros novos.

14. Simplifique sua vida.

15. Deixe bagunçado.

16. Pare de frescura.

17. Acredite no amor; nada no mundo é mais digno de crédito. AME - não
é vexame nenhum.

18. Nunca pense que o amor é uma "água morna" - onde há amor, há respeito pelas diferenças; onde as diferenças são aceitas, existem pontos de vista contrários; e onde existem pontos de vista contrários, há conflitos e desentendimentos.

19. Não se intrometa na vida dos outros, nem julgue as pessoas de jeito
nenhum. Deixe-as ser como são e curta o melhor de cada uma.

20. Grandes amizades não se perdem em pequenas disputas. Se se perderem, é porque não eram nem amizades, muito menos grandes.

21. Leia o que está escrito, ouça o que é dito e, se não compreender,
pergunte. Não tenha vergonha de perguntar o que não sabe. É assim que se
aprende.

SEJA FELIZ !!!

25 de jun de 2010

Pássaro Cativo


Armas, num galho de árvore, o alçapão;
E, em breve, uma avezinha descuidada,
Batendo as asas cai na escravidão.
Dás-lhe então, por esplêndida morada,
A gaiola dourada;
Dás-lhe alpiste, e água fresca, e ovos, e tudo:
Por que é que, tendo tudo, há-de ficar
O passarinho mudo,
Arrepiado e triste, sem cantar?
É que, criança, os pássaros não falam.
Só gorjeando a sua dor exalam,
Sem que os homens os possam entender;
Se os pássaros falassem,
Talvez os teus ouvidos escutassem
Este cativo pássaro dizer:
Não quero o teu alpiste!
Gosto mais do alimento que procuro
Na mata livre em que a voar me viste;
Tenho água fresca num recanto escuro
Da selva em que nasci;
Da mata entre os verdores,
Tenho frutos e flores,
Sem precisar de ti!
Não quero a tua esplêndida gaiola!
Pois nenhuma riqueza me consola
De haver perdido aquilo que perdi
Prefiro o ninho humilde, construído
De folhas secas, plácido, e escondido
Entre os galhos das árvores amigas
Solta-me ao vento e ao sol!
Com que direito à escravidão me obrigas?
Quero saudar as pompas do arrebol!
Quero, ao cair da tarde,
Entoar minhas tristíssimas cantigas!
Por que me prendes? Solta-me, covarde!
Deus me deu por gaiola a imensidade:
Não me roubes a minha liberdade
Quero voar! voar!"
Estas cousas o pássaro diria,
Se pudesse falar.
E a tua alma, criança, tremeria,
Vendo tanta aflição:
E a tua mão, tremendo, lhe abriria
A porta da prisão.

Olavo Bilac


"Aqueles que negam liberdade aos outros
não a merecem para si mesmos."
(Abraham Lincoln)

Procura-se um Amor


Procura-se um amor ... alguém como eu:
Que tenha percorrido caminhos sofridos,
Que tenha escolhido caminhos floridos,
Que tenha consigo guardado valores e flores
Que tenha perdido frangalhos e dores.


Procura-se um amor... alguém como eu:
Que goste do aconchego de um lar,
Que goste de acordar com o cantar de um curió,
Que goste de permutar um sorriso,
Que goste de se afastar e voltar com mais vigor.

Procura-se um amor...alguém como eu:
Que saiba apaixonar-se,
Que saiba doar-se,
Que saiba conjugar:
Ter, Gostar, Saber e...
Que saiba aceitar
Que o amor é somente amor...
E nada mais

Olga Kapatti

Equilíbrio


"Usa apenas a tua determinação e os ventos curva-te-ão até o chão, mas não te arrancarão da terra na qual estás plantado. Usa apena o teu amor e a vida dar-te-á tudo, para continuares prosseguindo em teu caminho, em tua paz."

24 de jun de 2010

Vídeo: Rosas - Ana Carolina

Vídeo-poema: Metade - Oswaldo Montenegro

Vídeo: Oração nossa

Um Deus solitário


Tua presença, tão necessária à Criação, alegra meu ser. Um ser que busca, constantemente, ver-te pleno, tranqüilo em tua luz, em tua perfeição. Mas, percebo que não estás em paz, e estás assim por teres acreditado que ela poderia ser roubada de ti, um ser que, por natureza, contém todas as coisas. Um ser que tem tudo, porque és tudo. Vejo-te cabisbaixo, olhando para o chão como se lá estivesse a tua cura, o teu alento. Vejo tuas mãos escondendo o teu coração e vejo tua vontade conformada no vazio dos teus dias. Por mais que eu queira, não consigo entender... Tantos vales para caminhares, tantos rios, tantos mares para te banhares, tanta luz, tantas cores para te alegrares, tantas estrelas, noites calmas para que no teu silêncio nosso encontro fosse possível... Dei-te o mais nobre lugar entre a Criação porque és aquele que chamo por Meu Filho. Dei-te um ser perfeito, onde tudo está e de onde nada pode ser tirado, roubado ou danificado, para que estivesses seguro em todas as circunstâncias. E tu escolheste ser imperfeito, tu escolheste atacar ao invés de amar aqueles que são teus irmãos, teus iguais. Escolheste o ódio ao amor, a tristeza à alegria, o sofrimento ao prazer. Olho para ti e percebo que sem a tua beleza original, o Meu Reino é incompleto. Percebo tua inocência, o teu olhar perdido, próprio daqueles que não sabem o que fazem e aquieto meu Ser, pois estabeleci que a tua vontade seria respeitada acima de todas as coisas. Sei que tu me procuras, mas digo que a tua vontade ainda não é suficiente. Deves querer verdadeiramente e tu Me encontrarás. Estou em ti, meus pensamentos estão contigo. Acha-me e serei completo. Acha-me e deixarei de ser um Deus Solitário. Liberta teu ser criança, para que possas usufruir de tudo aquilo que és. És mais que as montanhas, que o sol, que o ar que respiras. És o Meu Filho Amado, em quem me comprazo. Traga para Mim um pouco da tua terra, e dar-te-ei um jardim florido. Traga para Mim teu sofrer e o transformarei em alegria, livrando-te de todos os teus mal-estares, ascendendo teu espírito para que vejas a luz. Traga para Mim o pouco de amor que te resta, e dar-te-ei a memória de quem és. Alegra teu ser minha criança e encontra-Me em teu doce coração para que assim possas deixar de te sentir pequeno, porque és grande. Para que assim Eu possa deixar de ser solitário, porque sou o teu Criador.

Busco um amigo


Busco um amigo que me diga sempre a verdade, que não camufle os meus defeitos,
Que não despreze as minhas lágrimas cuja presença traga alegria, cujo silêncio transmita a paz cuja escuta inspire confiança, cuja lembrança infunda coragem.
Ao qual eu possa dizer: desculpa! Uma, duas, três vezes que não seja nem mestre, nem discípulo, mas um companheiro, com o qual eu possa caminhar rumo ao infinito em qualquer momento. Um amigo que conserve a sua intimidade sem esconder o seu pranto.
Um amigo que ao amanhecer não me diga bom dia, mas me abra o seu coração com um amável sorriso. Um amigo que creia na amizade e a viva como uma audaz conquista de liberdade cuja amizade seja óleo doce, suave e perfumado, extraído do fruto amargo de uma árvore espinhosa. Que não se preocupe em dar ou receber, mas que seja capaz de compartilhar. Simples, sincero, natural, capaz de chorar, mas sobretudo de sorrir
Um amigo que seja um reflexo da bondade de Deus.

SORRIA HOJE!


"Faça como os passarinhos : comece o dia cantando.
A música é alimento para o espírito. Cante qualquer coisa, cante desafinado, mas cante! Cantar dilata os pulmões e abre a alma para tudo de bom que a vida tem a oferecer. Se insistir em não cantar, ao menos ouça muita música e deixe-se absorver por ela. Ria da vida, ria dos problemas, ria de você mesmo. A gente começa a ser feliz quando é capaz de rir da gente mesmo. Ria das coisas boas que lhe acontecem, ria das besteiras que você já fez. Ria abertamente para que todos possam se contagiar com a sua alegria. Não se deixe abater pelos problemas. Se você procurar se convencer de que está bem, vai acabar acreditando que realmente está e quando menos perceber vai se sentir realmente bem. O bom humor, assim como o mau humor, é contagiante. Qual deles você escolhe? Se você estiver bem-humorado, as pessoas ao seu redor também ficarão e isso lhe dará mais força. Leia coisas positivas. Leia bons livros, leia poesia, porque a poesia é a arte de azeitar a alma. Leia romances, leia a Bíblia, estórias de amor, ou qualquer coisa que faça reavivar seus sentimentos mais íntimos, mais puros. Pratique algum esporte. O peso da cabeça é muito grande e tem de ser contrabalançado com alguma coisa! Você certamente vai se sentir bem disposto, mais animado, mais jovem. Encare suas obrigações com satisfação. É maravilhoso quando se gosta do que faz, ponha amor em tudo que está ao seu alcance. Desde que você se proponha a fazer alguma coisa, mergulhe de cabeça! Não viva emoções mornas, próprias de pessoas mornas. Você pode até sair arranhado, mas verá que valeu muito mais a pena. Não deixe escapar as oportunidades que a vida lhe oferece, elas não voltam! Não é você quem está passando, são as oportunidades que você deixa de usufruir. Nenhuma barreira é intransponível se você estiver disposto a lutar contra ela; se seus propósitos forem positivos, nada poderá detê-los. Não deixe que seus problemas se acumulem, resolva-os logo. Fale, converse, explique, discuta, brigue: o que mata é o silêncio, o rancor. Exteriorize tudo, deixe que as pessoas saibam que você as estima, as ama, precisa delas, principalmente em família. AMAR NÃO É VERGONHA, pelo contrario, É LINDO! Volte-se para as coisas puras, dedique-se à natureza. Cultive o seu interior e ele extravasará beleza por todos os poros. Agradeça a Deus o que você tem e você sempre terá mais do que precisa. Tenha fé em algo mais poderoso do que você mesmo, em Deus. Você terá estímulo para viver, do contrário nada fará sentido.

Não tente, faça. Você pode! E conte comigo."

(Benjamin Franklin)

O instante mágico


É preciso correr riscos. Só entendemos direito o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça. Todos os dias Deus nos dá – junto com o sol – um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. Todos os dias procuramos fingir que não percebemos este momento, que ele não existe, que hoje é igual à ontem – e será igual à amanhã. Mas, quem presta atenção ao seu dia, descobre o instante mágico. Ele pode estar escondido na hora em que enfiamos a chave na porta pela manhã, no instante de silêncio logo após o jantar, nas mil e uma coisas que nos parecem iguais. Este momento existe – um momento em que toda a força das estrelas passa por nós, e nos permite fazer milagres. A felicidade às vezes é uma bênção – mas geralmente é uma conquista. O instante mágico do dia nos ajuda a mudar, nos faz ir em busca de nossos sonhos. Vamos sofrer, vamos ter momentos difíceis, vamos enfrentar muitas desilusões – mas tudo é passageiro, e não deixa marcas. E, no futuro, podemos olhar para trás com orgulho e fé. Pobre de quem teve medo de correr os riscos. Porque este talvez não se decepcione nunca, nem tenha desilusões, nem sofra como aqueles que têm um sonho a seguir. Mas quando olhar para trás – porque sempre olhamos para trás – vai escutar seu coração dizendo: “o que fizeste com os milagres que Deus semeou por teus dias? O que fizeste com os talentos que teu Mestre te confiou? Enterraste fundo em uma cova, porque tinhas medo de perdê-los. Então, esta é a tua herança: a certeza de que desperdiçaste tua vida.”

Pobre de quem escuta estas palavras. Porque então acreditará em milagres, mas os instantes mágicos da vida já terão passado.

Paulo Coelho

19 de jun de 2010

ORAÇÃO DO PERDÃO HUNA


Buscando eliminar todos os bloqueios que atrapalham minha evolução, dedicarei alguns minutos para perdoar. A partir deste momento, eu perdôo todas as pessoas que de alguma forma me ofenderam, injuriaram, me prejudicaram ou me causaram dificuldades desnecessárias. Perdôo, sinceramente, quem me rejeitou, me odiou, me abandonou, me traiu, me ridicularizou, me humilhou, me amedrontou, me iludiu. Perdôo, especialmente, quem me provocou até que eu perdesse a paciência e reagisse violentamente, para depois me fazer sentir vergonha, remorso e culpa inadequada. Reconheço que também fui responsável pelas agressões que recebi, pois várias vezes confiei em indivíduos negativos, permiti que me fizessem de bobo e descarregassem sobre mim seu mau caráter. Por longos anos suportei maus tratos, humilhações, perdendo tempo e energia, na tentativa inútil de conseguir um bom relacionamento com essas criaturas. Já estou livre da necessidade compulsiva de sofrer e livre da obrigação de conviver com indivíduos e ambientes tóxicos. Iniciei agora, uma nova etapa de minha vida, em companhia de gente amiga, sadia e competente: queremos compartilhar sentimentos nobres, enquanto trabalhamos pelo progresso de todos nós. Jamais voltarei a me queixar, falando sobre mágoas e pessoas negativas. Se por acaso pensar nelas, lembrarei que já estão perdoadas e descartadas de minha vida íntima definitivamente. Agradeço pelas dificuldades que essas pessoas me causaram, pois isso me ajudou a evoluir, do nível humano comum ao nível espiritualizado em que estou agora. Quando me lembrar das pessoas que me fizeram sofrer, procurarei valorizar suas boas qualidades e pedirei ao Criador que as perdoe também, evitando que elas sejam castigadas pela lei da causa e efeito, nesta vida ou em futuras. Dou razão a todas as pessoas que rejeitaram o meu amor e minhas boas intenções, pois reconheço que é um direito que assiste a cada um me repelir, não me corresponder e me afastar de suas vidas.

(Fazer uma pausa, respirar profundamente algumas vezes,
para acúmulo de energia).

Agora, sinceramente, peço perdão a todas as pessoas, a quem, de alguma forma, consciente e inconscientemente, eu ofendi, injuriei, prejudiquei, ou desagradei. Analisando e fazendo julgamento de tudo que realizei ao longo de toda a minha vida, vejo que o valor das minhas boas ações é suficiente para pagar todas as minhas dívidas e resgatar todas as minhas culpas, deixando um saldo positivo a meu favor. Sinto-me em paz com minha consciência e, de cabeça erguida, respiro profundamente, prendo o ar e me concentro para enviar uma corrente de energia destinada ao Eu Superior. Ao relaxar, minhas sensações revelam que este contato foi estabelecido. Agora dirijo uma mensagem de fé ao meu Eu Superior, pedindo orientação, proteção e ajuda, para a realização, em ritmo acelerado, de um projeto muito importante que estou mentalizando e para o qual já estou trabalhando com dedicação e amor. Agradeço de todo o coração, a todas as pessoas que me ajudaram e comprometo-me a retribuir trabalhando para o bem do próximo, atuando como agente catalisador do entusiasmo, prosperidade e auto-realização. Tudo farei em harmonia com as leis da natureza e com a permissão do nosso Criador, eterno, infinito, indescritível que eu, intuitivamente sinto como o único poder real, atuante dentro e fora de mim.

Assim seja, assim é e assim será!

O poder da escrita


"Se me disseres que me amas, acreditarei... Mas se escreveres que me amas, acreditarei ainda mais. Se me falares da tua saudade, entenderei... Mas se escreveres sobre ela, sentirei junto contigo. Se a tristeza vier a te consumir e me contares, eu saberei... Mas se a descreveres no papel, o seu peso será menor."

... E assim são as palavras escritas: possuem um magnetismo especial, libertam, acalentam, invocam emoções. Elas possuem a capacidade de em poucos minutos cruzar mares, saltar montanhas, atravessar desertos intocáveis. Muitas vezes, perde-se o autor, mas a mensagem sobrevive ao tempo, atravessando séculos e gerações. Elas marcam um momento que será eternamente revivido por todos aqueles que a lerem. Transmita amor com as palavras, mate saudades, peça perdão, aproxime-se, recupere o tempo perdido, insinue-se, alegre alguém,dê simplesmente um bom dia, faça um carinho especial. Use-a a todo instante, de todas as maneiras....sua força é imensurável.

Não esqueça: "Quem escreve constrói um castelo, e quem lê passa a habitá-lo."

Silvana Duboc

Olhe para trás!


Olhe!!!
Olhe para trás!
Veja os obstáculos que você já superou.
Veja quanto você já aprendeu
nesta vida e quanto já cresceu.
Olhe para frente!
Não fique parado, levante-se quando tropeçar e cair.
Estabeleça metas, tenha planos e prossiga com firmeza.
Olhe para dentro!
Conheça seu coração e analise seus projetos.
Mantenha puros seus sentimentos.
Não deixe que o orgulho, a vaidade e a inveja
dominem seus pensamentos e seu coração.
Olhe para o lado!
Socorra quem precisa de você.
Ame o próximo e seja sensível para perceber
as necessidades daqueles que o cercam.
Olhe para baixo!
Não pise em ninguém…
Perceba as pequenas coisas e aprenda a valorizá-las.
Olhe para cima!
Há um DEUS maior do que você,
que te ama muito e tem todas as coisas sob seu controle.
Olhe para Deus!
Perceba a profundidade, a riqueza e o poder da bondade divina.
Sinta esse DEUS que olha por você
e está com você todos os dias da sua vida!!!

Carícia - Leonardo Boff


"A carícia constitui uma das expressões máximas do cuidado. Deve-se distingui-la da carícia como pura excitação psicológica, em função de uma benquerença fugaz e sem história. A carícia-excitação não envolve o todo da pessoa. A carícia é essencial quando se transforma numa atitude, num modo de ser que qualifica a pessoa em sua totalidade na psique, no pensamento, na vontade, na interioridade, nas relações que estabelece. O órgão da carícia é a mão; a mão que toca, a mão que afaga, a mão que estabelece relação, a mão que acalenta, a mão que traz quietude. Mas a mão não é simplesmente mão. É a pessoa humana que através da mão e na mão revela um modo-de-ser carinhoso. A carícia toca o profundo do ser humano, lá onde se situa seu centro pessoal. Para que a carícia seja verdadeiramente essencial, precisamos afagar o eu profundo e não apenas o ego superficial da consciência. A carícia que nasce do centro confere repouso, integração e confiança. Daí o sentido do afago."

Do livro: Saber cuidar - Leonardo Boff (cont)


"Cicatrizar-se emocionalmente é prestar atenção a tudo que você verdadeiramente sente. Suas emoções lhe dizem o que precisa ser cicatrizado. Culpar o parceiro apenas lhe tira o foco para reconhecer suas próprias fontes internas de dor. A cicatrização também pode acontecer em total silêncio. Nós nos curamos das mágoas quando paramos de lutar contra os sentimentos e nos permitimos finalmente apenas sentí-los. Amor é um ingrediente sagrado em qualquer cicatrização. Certamente o amor por si mesmo vem primeiro"

"O amor é sempre uma abertura ao outro e uma convivência e comunhão com o outro. A competição é anti-social, hoje e outrora, porque implica a negação do outro, a recusa da partilha e do amor."

"A ternura é o cuidado sem obsessão. A ternura se irrompe, quando o sujeito se descentra de si mesmo, sai na direção do outro,sente o outro como outro, participa de sua existência, deixa-se tocar pela sua história de vida. O outro marca o sujeito. Este demora-se no outro não pelas sensações que lhe produz, mas por amor, pelo apreço de sua diferença e pela valorização de sua vida e luta. A relação de ternura não envolve angústia porque é livre de busca de vantagens e de dominação. O enternecimento é a força própria do coração, é o desejo profundo de compartilhar caminhos. A angústia do outro é minha angústia, seu sucesso é meu sucesso."

Mensagem ao amigo distante


Acredito que mesmo distante, o pensamento é energia, e quando vem do fundo do coração transforma-se em lembrança, e da lembrança o sorriso, e deste a vontade de ligar, de escrever ou de simplesmente responder um e-mail. Não deixe a chama da amizade se apagar, seja leal, honesto e acima de tudo amigo. Pois de todos os sentimentos que levamos quando despertamos na morte, a amizade é tudo que temos, pois dela, nascem todos os sentimentos que nos unem pelo coração, a alegria, a paz, a certeza, a humildade, a sinceridade, e o amor... onde ambos se completam e mesmo ausentes, ou distantes jamais se distanciam ou se esquecem, porque um é a metade do outro... amizade não existe sem amor e o amor não nasce e reproduz sem a amizade. De tudo que podes ser na vida o mérito maior é SER AMIGO. O que percebemos hoje, é que as pessoas se machucam por tão pouco, e talvez seja por isso, que nas grandes dores de nosso corpo físico e/ou espiritual, Deus se mostra tão misericordioso e nos abençoe, com anjos sem asas que são nossos verdadeiros amigos. Não acredito que seja necessário sentirmos a dor de uma despedida, para percebermos a importância de uma presença amiga. Não é necessário uma lágrima rolando, para enxergarmos um belo sorriso. É não é necessário pedir perdão, para aprender a perdoar. E que não seja necessário a ida física, para percebermos a grandiosidade de uma alma bela e florida, que encanta nossos jardins, que aqui chamo de vida e que essas flores, pétalas filhas e perfumadas do mais profundo e dileto amor aqui chamarei de AMIGO.

Do livro: Saber cuidar - Leonardo Boff


"Amor é uma da palavras mais desgastadas de nossa linguagem. E como fenômeno interpessoal, um dos mais desvalorizados. Os seres interagem sem razões de sobrevivência, por puro prazer, no fluir de seu viver. Trata-se de encaixes dinâmicos e recíprocos entre os seres vivos e os sistemas orgânicos. Não há justificativas para eles. Acontecem, porque acontecem. É um evento original da vida em sua pura gratuidade. Quando um acolhe o outro e assim e realiza a coexistência, surge o amor como fenômeno biológico. Ele tende a expandir-se e a ganhar formas mais complexas. Uma destas formas é a humana. Ela é mais que simplesmente espontânea como nos demais seres vivos; e feita projeto da liberdade que acolhe conscientemente o outro e cria condições para que o amor se instaure como o mais alto valor da vida. Nessa deriva surge o amor ampliado que é a socialização. O amor é o fundamento do fenômeno social e não uma consequência dele."

Existe amor?


"O amor só existe quando há chance de troca. Quando duas pessoas se sacam em suas carências aparecem alegria, contentamento e simpatia. O bem-amado sabe semear a felicidade, é capaz de perceber o que o outro sente, tomar o lugar do outro e depois voltar a si, para proteger a própria potência. Quem cuida, antecipa o que vai acontecer com o outro, quer saber o que se passa com o outro para protegê-lo e agradá-lo. Isso gera o amor."

Amor falso e amor verdadeiro


"O amor falso é de longe o mais comum neste mundo. O amor falso tem ciúmes e mente. É presunçoso, adulador, é inseguro e enganador. É insaciável e faz exigências, é grudento e repressor. O amor falso tem culpa. O amor falsoé colocado em pedestais. O amor falso se divorcia e se queixa. É conveniente, é vazio, é ódio.
O amor verdadeiro é sublimemente simples. Ao contrário do amor falso que tem muitos desejos, o amor verdadeiro tem apenas uma aspiração: compartilhar. O amor verdadeiro é se sentir um, é se preocupar com o bem e com a felicidade do outro."

Samuel Lemle

Li, não sei onde...


"Quando o casal se quer bem, consegue marchar junto com o mesmo ritmo. Diante da dificuldade de um deles, o outro, por amor, diminui a marcha e o acompanha. Se forem capazes de fazer esse ajuste, poderão viver sempre em harmonia."

"Quando homem e mulher têm carreiras diferentes e que os realizam, vivem experiências enriquecedoras. Ao debatê-las, os parceiros acompanham a evolução dos acontecimentos um do outro. Pensam junto, amparam-se, apontam acertos, erros e o entendimento e afeto crescem."

14 de jun de 2010

Meu Filho







Eu lhe dei a vida,
mas não posso vivê-la por você.
Posso ensinar-lhe muitas coisas,
mas não posso fazer com que aprenda.
Posso ensinar-lhe o caminho,
mas não posso estar lá para indicar-lhe.
Posso dar-lhe liberdade,
mas não posso ser responsável por ela.
Posso levá-lo à Igreja,
mas não posso fazer com que creia em Deus.
Posso ensinar-lhe a distinguir entre certo e errado,
mas não posso decidir por você.
Posso comprar-lhe roupas lindas,
mas não posso fazer com que fique bonito.
Posso oferecer-lhe um conselho,
mas não posso aceitá-lo por você.
Posso dar-lhe amor,
mas não posso forçá-lo a amar.
Posso ensinar-lhe como ser bom,
mas não posso forçá-lo a ser bom.
Posso avisá-lo sobre seus amigos,
mas não posso escolhê-los por você.
Posso contar-lhe sobre fatos da vida,
mas não posso construir sua própria reputação.
Posso avisar-lhe sobre o mal que a bebida acarreta,
mas não posso dizer "NÃO" por você.
Posso avisá-lo sobre as drogas,
mas não posso impedí-lo de usá-las.
Posso falar-lhe sobre metas a serem alcançadas,
mas não posso alcançá-las por você.

Agora é sua vez de agir.

Aprendi...


Aprendi que se pode conhecer bem uma pessoa
pela forma como ela lida com três coisas: um dia chuvoso, uma bagagem perdida e os fios das luzes de uma árvore de natal que se embaraçaram;
Aprendi que, não importa o tipo de relacionamento que tenha com seus pais, você sentirá falta deles quando partirem;
Aprendi que saber ganhar a vida não é a mesma coisa que saber vivê-la;
Aprendi que a vida às vezes nos dá uma segunda chance;
Aprendi que viver não é só receber, é também dar;
Aprendi que se você procurar a felicidade, vai se iludir;
Mas se focalizar a atenção na família, amigos, necessidades dos outros, trabalho, procurando fazer melhor, a felicidade vai encontrá-lo;
Aprendi que quando decido algo com coração aberto, geralmente acerto;
Aprendi que quando sinto dores, não preciso ser uma dor para outros;
Aprendi que diariamente preciso alcançar e tocar alguém.
As pessoas gostam de um toque humano - segurar na mão, receber um
abraço afetuoso ou simplesmente um tapinha amigável nas costas;
Aprendi que ainda tenho muito que aprender;
Aprendi que eu deveria passar essa mensagem para todos meus amigos.
Às vezes eles precisam de algo para iluminar seu dia;
As pessoas se esquecerão do que você disse...
Esquecerão o que você fez...
Mas nunca esquecerão de como você as tratou.

Deus - Meu esconderijo


Quando te escondes de Deus, Deus é o esconderijo que te protege de todos os perigos que pensas correr. Quando te entristece com Deus, Deus é a tristeza que vem para que sintas falta da alegria. Quando atacas a ti mesmo, Deus toma a tua frente e mergulha teu ser em Sua Bênção para que sejas consciente em teus atos. Quando te sentes só, vazio e entristecido, Deus é o tempo que persiste na tua mudança para que te sintas acompanhado da mais pura luz. Quando amadureces e expande teu amor, Deus é a fonte que jorra incansável dentro de ti para que te acostumes e acredites neste estado que é teu por natureza. Quando viras as costas à Deus, Deus é a paciência que te espera para que possas retomar o único caminho onde aprendes que Deus está em todas as partes, dentro e fora de ti, porque Deus é.

As mãos


Quando estão unidas, jamais serão vencidas! Esse é o lema para as pessoas civilizadas, que procuram dar afeto e recebê-lo. As mãos representam tudo o que queremos expressar com palavras ou um simples olhar. É pelas mãos que podemos conhecer a personalidade de uma pessoa. Temos que ser, apenas, intuitivos e sensíveis, para sabermos como entender o significado de um aperto de mão. As mãos não enganam! São por elas que podemos até calcular mais ou menos, a idade cronológica de uma pessoa. Mostram quando as pessoas são falsas, verdadeiras, inseguras e até mesmo nos revela a parte sentimental, sexual, vida curta ou prolongada... Apenas, insisto, temos que conhecê-las. Cuide bem das suas mãos, pois é também por elas que adquirimos certas doenças. Mãos frias, ah! quanto amor para dar.... Mãos enrugadas .... representa preocupação excessiva. Mãos demasiadamente quentes, pessoas tranquilas consigo mesmo. E assim, por diante.... Mãos.....parte mais sensível, mais amiga, mais representativa do nosso corpo! Use-as para acariciar e também para ensinar, quando for necessário.

Teu sorriso é suficiente


Sente teu propósito, mas debulha-te em tuas próprias dificuldades...
Quanto tempo precisas para não deter tua sede de busca?
Quanto de silêncio tens que ter para que não te percas em meio ao teu próprio barulho? Se estás no meio, sem olhar à esquerda e nem à direita, podes encontrar a firmeza do céu sob teus pés...
Isso faz toda a diferença!
Teu sorriso é suficiente para trazer-te a paz.
O perfume das tuas flores é suficiente para iluminar teus dias.
Teus passos, um de cada vez, são suficientes para encontrar o que procuras. Teu silêncio e tua amorosidade são suficientes para sentir Deus. Tens tudo ao teu alcance para crescer contente e sem dor. Tudo que aperta, tudo que machuca, tudo que tira a paz de espírito, não é digno da tua atenção por tempo demasiado. Vai com tua simplicidade, com tua alegria, com tua confiança, e saberás que para aprender, não precisas sofrer... Basta viver...

autor desconhecido

Seria tão diferente!


Seria tão diferente
se os sonhos de que a gente gosta
não terminassem tão de repente...
Seria tão diferente
se os bons momentos da vida,
durassem eternamente...
Seria tão diferente
se a gente que a gente gosta,
gostasse um pouco da gente...
Seria tão diferente
se quando a gente chorasse,
fosse só de contente...
Seria tão diferente,
se a gente que a gente ama,
sentisse o que a gente sente...
Mas... é tudo tão diferente...!
Os sonhos que a gente gosta
terminam tão de repente...
Os bons momentos da vida,
não duram eternamente...
A gente de que a gente gosta, nem
sempre gosta da gente...
Das vezes que a gente chora,
poucas vezes são de contente...
E a gente que a gente ama,
não sente o mesmo que a gente...
Mas... poderia ser tão diferente...!
Dê-se uma chance de ser diferente...!
Tente, ouse, opte pela Felicidade e aí
será diferente.

"Feliz aquele que acredita em seus Sonhos,
pois só assim poderá realizar seus
vôos plenamente..."

Floquinho


Havia aldeia pequena onde o dinheiro não entrava. Tudo o que as pessoas compravam, tudo o que era cultivado e produzido por cada um, era trocado. A coisa mais importante, a coisa mais valiosa, era a Amizade. Quem nada produzia, quem não possuía coisas que pudessem ser trocadas por alimentos, ou utensílio, dava seu CARINHO. O CARINHO era simbolizado por um floquinho de algodão. Muitas vezes, era normal que as pessoas trocassem floquinhos sem querer nada em troca. As pessoas davam seu CARINHO pois sabiam que receberiam outros num outro momento ou outro dia. Um dia, uma mulher muito má, que vivia fora da aldeia, convenceu um pequeno garoto a não mais dar seus floquinhos. Desta forma, ele seria a pessoa mais rica da cidade e teria o que quisesse. Iludido pelas palavras da malvada, o menino, que era uma das pessoas mais populares e queridas da aldeia, passou a juntar CARINHOS e em pouquíssimo tempo sua casa estava repleta de floquinhos, ficando até difícil de circular dentro dela. Daí então, quando a cidade já estava praticamente sem floquinhos, as pessoas começaram a guardar o pouco CARINHO que tinham e toda a HARMONIA da cidade desapareceu. Surgiram a GANANCIA, a DESCONFIANÇA, o primeiro ROUBO, o ÓDIO, a DISCÓRDIA, as pessoas se XINGARAM pela primeira vez e passaram a IGNORAR-SE pelas ruas. Como era o mais querido da cidade, o garoto foi a primeiro a sentir-se TRISTE e SOZINHO, o que o fez o menino procurou a velha para perguntar-lhe e dizer-lhe se aquilo fazia parte da riqueza que ele acumularia. Não a encontrando mais, ele tomou uma decisão. Pegou uma grande carriola, colocou todos os seus floquinhos em cima e caminhou por toda a cidade distribuindo aleatoriamente seu CARINHO. A todos que dava CARINHO, apenas dizia: Obrigado por receber meu carinho. Assim, sem medo de acabar com seus floquinhos, ele distribuiu até o último CARINHO sem receber um só de volta. Sem que tivesse tempo de sentir-se sozinho e triste novamente, alguém caminhou até ele e lhe deu CARINHO. Um outro fez o mesmo... Mais outro...e outro...até que definitivamente a aldeia voltou ao normal.

MORAL DA ESTÓRIA: Nunca devemos fazer as coisas pensando em receber em troca. Mas devemos fazer sempre. Lembrar que um amigo existe é muito importante. Muito mais importante do que cobrar dos outros que se lembrem de você, pois assim, você estará querendo acumular amizades sem fazer o seu
papel de amigo. Receber CARINHO é muito bom. E o simples gesto de lembrar que um amigo existe é a forma mais simples de fazê-lo.

Depende de Você!


O amor que quer encontrar nos outros...
DEPENDE DE VOCÊ.
A paz que busca numa procura desesperada...
DEPENDE DE VOCÊ.

O diálogo, base de toda a convivência...
DEPENDE DE VOCÊ.
O caminho para renovação...
DEPENDE DE VOCÊ.
A realização dos seus grandes sonhos...
DEPENDE DE VOCÊ.
A organização que tanto necessita...
DEPENDE DE VOCÊ.
Queixar-se ou servir,
revoltar-se ou ponderar,
Desprezar ou valorizar,
omitir-se ou colaborar,
adoecer ou curar,
Rebaixar ou elevar,
Calar-se ou dialogar, se fechar ou se abrir,
Estacionar ou progredir...
Tudo é uma questão de escolha.
E esta escolha depende UNICAMENTE DE VOCÊ!
E já que tudo depende só de você...
TRATE DE SER FELIZ!

Autor desconhecido

LIBERDADE!


Liberdade é: ... sentir, assumir o que se sente e falar sem temor de reprovações;
... é sair quando der vontade, sem domínio da vontade alheia, é rodar sem rumo definido;
... é encontrar pessoas, abraçar aquelas das quais realmente gostamos e evitar as que nada nos somam, respeitando seu direito de ser como são;
... é pegar o telefone, bater longos papos ou dizer simplesmente: “desculpe, agora não posso atender”;
... é ligar rádios ou televisores e escolher o que queremos ouvir e assistir; ...
...é andar sem vestes pela casa com a mesma pureza da criança, sem conferir no espelho se tudo está “em forma”, e usar as roupas que queremos sem preocupação com o que está na moda;
... é dizer “ eu sou o que posso ser ” sem temer a rejeição;
... é ter em casa os bichos que gostamos, sejam eles pássaros ou cobras e lagartos; ...
...é ver a beleza em tudo que existe, ignorando aqueles que vivem de mal com o mundo;
... é gostar de músicas, dançar sem timidez, ir no ritmo da vida com serenidade, confiança e sem pressa;
... é aprender com os livros, absorver sabedoria e conhecimento, sentindo a Nossa Verdade, sem deixar que autores tomem posse de nossa cabeça;
... é perceber com nossa intuição que chegou o amor da nossa vida e dizer sem medo: “ eu te amo ”;
... e entre as mais infinitas definições é saber que somos livres para usar a Liberdade!
Texto: Silvia Schmidt

Aprendi que não posso exigir...


Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência, para que a vida faça o resto. Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las. Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos. Que posso usar meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando. Eu aprendi... Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida. Que por mais que se corte um pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho. Aprendi... Que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência. Mas, aprendi também, que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei. Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles. Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sentem. Aprendi que perdoar exige muita prática. Que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso. Aprendi... Que nos momentos mais difíceis a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas. Aprendi que posso ficar furioso, tenho direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel. Que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis, pois seria uma tragédia para o mundo se eu conseguisse convencê-la disso. Eu aprendi que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, que eu tenho que me acostumar com isso. Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro. Aprendi que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso. Eu aprendi... Que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulto. Aprendi que numa briga eu preciso escolher de que lado estou, mesmo quando não quero me envolver. Que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem. Aprendi que por mais que eu queira proteger os meus filhos, eles vão se machucar e eu também. Isso faz parte da vida. Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes. Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio. Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério. E que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos. Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre. Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito. A mensagem é significativa, e sua autoria é atribuída a William Shakespeare. Eu poderia simplesmente ler e guardá-la na memória, mas preferi dividi-la com você.

Porque uma coisa eu também aprendi: o que é bom deve ser compartilhado.

A Benção em Sentir Paz


Quando a paz brota em nosso interior, a vida contempla uma nova realidade, a única a ser vivida e desfrutada. O efeito é a alegria, que dá origem a um estado único, onde a compreensão é presente e a conexão com o amor é estabelecida. A paz está dentro de nós, para sempre. Ela faz parte da nossa natureza. Mas, nem sempre sentimos paz e isto se dá porque criamos grandes desvios em nosso próprio caminho, um caminho que nos foi dado para aprendermos a usar nossos dons, nossas características divinas. Não nos damos conta de que, quando fora da nossa rota, distanciamo-nos do nosso estado natural. Nossas projeções, nossas percepções equivocadas, turvam a nossa visão interior, deixando-nos no escuro, fazendo-nos acostumar a viver o que não foi feito para ser vivido, como a ignorância em não tomar ciência da própria luz, da própria força e do amor que tudo transforma para que possamos ser dignos aos olhos do Criador. Se estivermos atentos, veremos que a paz é como o ar que respiramos, está em toda a parte, dentro e fora de nós. Mas para percebê-la é necessário vermos as coisas sob a lente do amor, pois as criações de Deus só se manifestam no amor, pois são o próprio amor. Fora deste estado que Deus nos deu, será impossível sentirmos a bênção que paira sobre todos nós. Para sentir paz é necessário estarmos conectados com a paz e para isto, o estado presente e atento é necessário. Quando partimos do princípio de que tudo nos é dado, poderemos conhecer a nós mesmos e então estaremos diante de uma inevitável realidade: a paz que tanto sonhamos está em nós, nós somos a própria paz.

(Autor desconhecido)